Balrog (Street Fighter)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Balrog
Nome no Japão Maiku Baison Explicação (マイク・バイソン)
Série de jogos Street Fighter
Primeiro jogo Street Fighter II (1991)
Informações pessoais
Terra natal  Estados Unidos
Afiliação Shadaloo
Estilo(s) de luta Boxe
Portal Games

Balrog, conhecido originalmente no Japão como Mike Bison (マイク・バイソン, Maiku Baison?), ou simplesmente M. Bison Explicação, é um personagem da série de jogos de luta Street Fighter, produzida pela Capcom.[1]

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

  • Primeira aparição: Street Fighter II The World Warrior (1991)
  • Nome Original: M. Bison(Mike Bison) (Japão)
  • Aniversário: 4 de setembro.
  • Altura: 198 cm
  • Peso: 102 kg
  • Medidas: B120, C86, Q100(SFZ), B120, C89, Q100 (SF2, SF4)
  • Tipo sanguíneo: A
  • Habilidade especial: Apostar
  • Gosta: Garotas, Cerveja, Licor, dinheiro.
  • Desgosta: Peixe, trabalho duro, matemática, esforço, Vega(porque este vive sendo colocado em posição superior a de Balrog).
  • Estilo de luta: Boxe
  • Origem: E.U.A.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Balrog foi um grande campeão de boxe. Ele foi banido de todas as ligas oficiais de pugilismo por ferir permanentemente seus oponentes e matar um deles, além de usar constantemente movimentos ilegais - especialmente cotoveladas, cabeçadas e até golpes abaixo da cintura dos oponentes. Balrog então juntou-se à organização criminosa Shadaloo, agindo no submundo, a mando do líder, o diabólico M. Bison.

Enquanto executava pequenas incumbências, Balrog matou o elefante de Dhalsim com um único Gigaton Punch (Soco Gigaton). Em uma missão, Balrog foi enviado para eliminar Birdie; embora não soubesse por que razão, Balrog foi assim mesmo. Birdie disse-lhe sobre o Psycho Drive, e Balrog concordou em ajudá-lo, pensando que ele poderia ganhar dinheiro com isso. Quando o Psycho Drive explodiu, Balrog percebeu que ele não tinha sido pago recentemente. Quando M. Bison foi morto por Akuma, a herança da Shadaloo foi transferida para o antigo combatente. Infelizmente, nada sobrou para Balrog. Após a queda da Shadaloo, o ex-boxer tornou-se não mais do que um vagabundo nas ruas de Las Vegas, ao menos até onde se sabe.

Aparência[editar | editar código-fonte]

Balrog veste uma combinação de shorts e camiseta azuis com caimento branco, sob a qual há uma camisa branca sem mangas, além de luvas de boxe vermelhas e sapatos-botina apropriados. Seu corte de cabelo consiste em cabelo curto "apontando" para a frente; outro detalhe muito peculiar neste personagem é a ausência do dente canino superior direito em sua boca. Em algumas ilustrações, seu nome japonês, "Mike Bison", pode ser visto no seu cinturão, embora seja normalmente removida quando estas ilustrações são publicadas fora do Japão.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Há outro personagem chamado Mike no primeiro Street Fighter. Mike era um afro-americano e era parecido com Balrog. Apesar das semelhanças, a Capcom afirma serem personagens diferentes.
  • Balrog é um firme adepto da teoria de que "o vencedor é aquele que bate mais forte".
  • Balrog foi inspirado no pugilista norte-americano Mike Tyson

Troca do nome[editar | editar código-fonte]

Com a chegada do jogo Street Fighter às Américas, a Capcom teve medo de ser processada judicialmente pelo pugilista norte-americano Mike Tyson, pela semelhança do nome original e aparência do personagem para com o famoso pugilista[2] . Então, o departamento de marketing da Capcom sugeriu as seguintes mudanças, aceitas posteriormente[2] :

  • O boxeador americano, Mike Bison, foi rebatizado Balrog.
  • O lutador espanhol de arena com garra e máscara, Balrog, chamou-se Vega.
  • O chefe da Shadaloo, Vega, foi denominado M. Bison.

Em discussões entre jogadores japoneses e ocidentais, a fim de evitar confusões quanto a estes personagens, adotou-se um esquema onde o chefe da Shadaloo é citado como "ditador", o lutador espanhol é mencionado como "garra" e o pugilista americano é chamado "boxeador".

Fundos de Tela (Cenário)[editar | editar código-fonte]

  • SFA3 stage: Ponto secreto 48106 (mesmo que Bison, Juni, e Juli).
  • SFA3 stage (outro): Las Vegas, EUA.
  • SF2 stage: Las Vegas, EUA.

Falas Famosas[editar | editar código-fonte]

  • "My fists have your blood on them." ("Meus punhos tem o seu sangue neles.")
  • "That last punch made quite a sound. You should seek medical attention. Gah ha ha." ("Esse último soco fez bastante barulho. Você deve procurar atendimento médico. Gah ha ha".)
  • "Get up you wimp!" ("Levante-se, seu banana!")
  • "Hey what happened? I'm not through with you yet!" ("Ei, o que aconteceu? Eu ainda não terminei com esta brincadeira!)"
  • Quando vence a luta de uma mulher - "Heh heh heh. You're one bad woman, you are..." ("Heh heh heh. Você é uma mulher má, você é ...")
  • Ao derrotar M. Bison - "You make me laugh. Still think I'm one of your thugs, do you?" ("Você me faz rir. Ainda acha que sou um de seus capangas, é?")

Golpes especiais famosos[editar | editar código-fonte]

  • Turn Punch
  • Dash Straight
  • Dash Uppercut
  • Buffalo Headbutt

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em Street Fighter II: The Animated Movie, ele é retratado próximo de seu papel original nos jogos (como sendo um dos "três grandes" a serviço de M. Bison), o que é, em grande parte visto como um monte de músculos ambulante (e pouca inteligência), por M. Bison. Balrog trabalha como representante e informante da Shadaloo durante uma negociação de drogas realizada pela mesma em Las Vegas, e termina o filme numa luta com E. Honda, na qual não usa suas conhecidas luvas vermelhas de pugilista e veste calças de carregador na cor verde escuro ao invés de sua tradicional roupagem azul. Ele é dublado por Joe Romersa em inglês, e George Nakata em japonês.

No filme live-action Street Fighter: A batalha final, de 1994, Balrog foi vivido por Grand L. Bush, numa total oposição à sua história oficial nos jogos, quadrinhos e animes: neste filme ele é depictado como sendo um dos personagens do lado da justiça, mais especificamente o cameraman de Chun-Li juntamente com o produtor E. Honda. Tal como seus dois companheiros, Chun-Li e E. Honda, Balrog realizou uma investida contra a Shadaloo por esta ter arruinado sua carreira de boxeador após recusar-se a desistir de uma luta em favor à mesma. Perto do final do filme, ele usa sua vestimenta azul tradicional dos jogos.

Em 1995, na série animada chamada Street Fighter: A série animada, ele, além de pugilista, é também um cientista e programador de computadores da Shadaloo - contrariando seu conhecido estereótipo de "muitos músculos e pouco cérebro" -, com o seu storyline oficial intacto e dublado por Paul Dobson.

Na também serie animada Street Fighter II Victory, Balrog não é boxeador, mas ainda assim trabalha para M. Bison como espião da Shadaloo infiltrado nas forças policiais, especialmente CIA e FBI, encarregadas de investigar e combater as operações do sindicato terrorista. Ele chega a enganar Cammy - que na série trabalha como assassina profissional de aluguel mas não tem qualquer relação para com a Shadaloo - para fazê-la atacar e matar o delegado chinês Do Rai, pai de Chun-Li, alegando ser ele o espião da Shadaloo infiltrado na polícia chinesa. Por conta disso, Balrog acabou posteriormente morto por Cammy.

No novo filme live-action de 2009, Street Fighter: A Lenda de Chun-Li, Balrog foi interpretado por Michael Clarke Duncan, e era o braço direito de M. Bison, aparecendo totalmente descaracterizado e no fim lutando contra Gen, sendo derrotado e congelado no fim.

Referências

  1. http://www.streetfighter.com.br/personagens/balrog.htm
  2. a b Barry Atkins, Tanya Krzywinska. Videogame, Player, Text. [S.l.]: Manchester University Press, 2008. 9780719074011.