Banalização

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Banalização é algo que teve sua imagem desgastada, ou algo de importância que se tornou menos importante pela exaustão da repetição sobre um determinado assunto. "A banalização da violência", por exemplo, pode expressar que, de tão comum, algo tão sério acabou virando algo rotineiro.

Banalização (banalizar + ção) é o substantivo construído a partir do verbo banalizar (banal + i + zar), que indica a ação de tornar banal (comum, curriqueiro, costumeiro, aceitável facilmente, incorporável...), com origem na forma francesa arcaica "ban-". Qualquer associação com a fruta banana é um absurdo injustificável linguisticamante.

O termo bundalização, um trocadilho com "banalização" e a palavra "bunda", é um termo chulo também bastante utilizado para designar a banalização de vulgaridades (ou apelos) sexuais, em especial na mídia. É utilizado em letras de canções como na "Nádegas a Declarar" do Gabriel, O Pensador: "(...) Sem querer ser feminista / A bundalização é bastante estimulada / Por essa cultura machista (...)"