Banco do México

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Banco do México

Seal of the Government of Mexico.svg
Organização
Atribuições Banco central
Chefia Agustín Carstens, Governador
Localização
Jurisdição territorial  México
Sede Cidade do México, Distrito Federal
Histórico
Criação 1 de setembro de 1925 (89 anos)

O Banco do México (em espanhol: Banco de México; BdeM ou Banxico) é o banco central do México.[1] O Banco nacional, como também é conhecido, foi estabelecido em 25 de agosto de 1925, iniciando suas operações em 1 de setembro do mesmo ano. Tal como outros bancos centrais, sua missão principal é buscar a estabilidade financeira no país. Não está vinculado à Secretaria da Fazenda, pois é uma instituição autônoma.

Governadores[editar | editar código-fonte]

  1. Alberto Mascareñas Navarro (1925 - 1932)
  2. Agustín Rodríguez (1932 - 1935)
  3. Gonzalo Robles Fernández (1935)
  4. Luis Montes de Oca (1935 - 1940)
  5. Eduardo Villaseñor Ángeles (1940 - 1946)
  6. Carlos Novoa Rouvignac (1946 - 1952)
  7. Rodrigo Gómez Gómez (1952 - 1970)
  8. Ernesto Fernández Hurtado (1970 - 1976)
  9. Gustavo Romero Kolbeck (1976 - 1982)
  10. Carlos Tello Macías (1982)
  11. Miguel Mancera Aguayo (1982 - 1997)
  12. Guillermo Ortiz Martínez (1998 - 2009)
  13. Agustín Carstens (2010 -incumbente)

Referências

  1. Banco Central do Brasil. Bancos Centrais do Mundo. Página visitada em 26.01.2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]