Bandeira da Bahia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do estado da Bahia
Bandeira do estado da Bahia
Aplicação
FIAV 111000.svgFIAV normal.svg
Proporção 2:3
Adoção 11 de junho de 1960
Cores
  Branco
  Vermelho
  Azul

A bandeira da Bahia é o pavilhão oficial do estado brasileiro da Bahia, um dos símbolos a representar esta unidade da Federação.

História[editar | editar código-fonte]

Nenhuma lei existe criando ou disciplinando a Bandeira do Estado. Foi criada pelo médico baiano, Dr. Diocleciano Ramos que, numa reunião do Partido Republicano, propôs este símbolo como representativo da agremiação política, em 25 de maio de 1889.

Na época o país ensaiava a experiência republicana, proclamada um ano antes - e fortes agitações movimentavam o meio político, em processo de adaptação ao novo regime.

Com forte inspiração na bandeira dos Estados Unidos da América, mesclada com um triângulo evocativo ao símbolo maçônico, já adotados nas conjurações mineira e baiana - muito embora as cores azul, vermelho e branco já tivessem figurado como símbolos das revoltas de 1798, conhecida como Revolta dos Alfaiates.

O uso, entretanto, consagrado pelo povo, veio a ser obrigatório por decreto do Governador Juracy Magalhães, em 11 de junho de 1960 (Decreto nº 17628)[1]

Outras bandeiras[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua história, na Bahia, ou pelo menos em determinados lugares na Bahia, bandeiras foram adotadas por movimentos independentistas.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bandeiras dos Estados e do Distrito Federal brasileiros
Acre Bahia Goiás Minas Gerais Pernambuco Rio Grande do Sul São Paulo
Alagoas Ceará Maranhão Pará Piauí Rondônia Sergipe
Amapá Distrito Federal Mato Grosso Paraíba Rio de Janeiro Roraima Tocantins
Amazonas Espírito Santo Mato Grosso do Sul Paraná Rio Grande do Norte Santa Catarina Brasil