Bandeira de Vitória (Austrália)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira de Victoria
Bandeira de Victoria
Aplicação
FIAV 110000.svgFIAV normal.svg
Proporção 1:2
Cores
  Azul
  Branco
  Vermelho
Ouro

A Bandeira de Victoria é um dos símbolos oficiais do Estado de Victoria, uma subdivisão da Austrália. A bandeira remonta a 1877, com pequenas variações ao longo dos anos, sendo a última em 1953.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Seu desenho consiste em um retângulo com proporção largura-comprimento de 1:2. A bandeira é baseada no Pavilhão Britânico Azul com o símbolo do estado no campo azul. O símbolo consiste na constelação do Cruzeiro do Sul sobre a qual está uma coroa imperial britânica. As estrelas são brancas e o número de pontas em cada estrela varia da seguinte maneira: Epsilon Crucis com cinco, Alfa Crucis com oito e Beta Crucis e Gama Crucis com sete e Delta Crucis com seis. As estrelas estão desenhadas de modo que uma das pontas de cada estrela esteja voltada para o topo do pavilhão.

História[editar | editar código-fonte]

Coroa de São Eduardo.

A primeira bandeira de Victoria, adotada em 1870, também era baseada no Pavilhão Britânico Azul com a constelação do Cruzeiro do Sul no campo azul. As estrelas eram brancas e variavam de cinco a oito pontas, sendo que cada uma estava desenhada de modo que as pontas estivessem voltadas para a parte inferior do pavilhão. A necessidade de adoção da bandeira surgiu quando Victoria se tornou a primeira colônia australiana a adquirir um navio de guerra sendo, portanto, necessário cumprir um requisito determinado pela Lei de Defesa Naval Colonial Britânica de 1865 que obrigava que cada aterritório possuísse um pavilhão naval para distinguir seus navios de outros navios britânicos. Victoria então adotou sua bandeira em 30 de novembro de 1877.

As representações da coroa variaram de acordo com as normas heráldica e com os desejos dos monarcas. Durante o reinado da Rainha Vitória, a coroa tinha arcos ligeiramente curvados. De 1901 a 1952, durante os reinados dos Reis Eduardo VII, George V, Eduardo VIII e George VI foi usada a imagem conhecida como a "coroa Tudor", quando arcos em forma de cúpulas foram utilizados. Neste período as estrelas foram modificados de modo que uma das pontas de cada estrela ficasse voltada para a parte superior.

A última alteração foi em 1953, quando a coroa no emblema do estado passou a ser a de São Eduardo (em inglês, St. Edward's Crown). Esta mudança ocorreu juntamente com as coroas imperiais representadas em bandeiras e brasões de armas em toda a Commonwealth, em conformidade com os desejos da rainha Elizabeth II.

Simblolismo[editar | editar código-fonte]

  • O Cruzeiro do Sul é um dos símbolos da Austrália;