Bandeira do Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do estado do Ceará
Bandeira do estado do Ceará
Aplicação
FIAV 111000.svgFIAV normal.svg
Proporção 7:10
Adoção 31 de agosto de 1967
Cores
  Verde
  Amarelo
  Branco

A Bandeira do Ceará é um dos símbolos oficiais do estado do Ceará, um dos estados do Brasil. Sua primeira versão foi adotada em 25 de agosto de 19221 .

Descrição[editar | editar código-fonte]

Seu desenho consiste em um retângulo de proporção largura-comprimento de 7:10 com um campo verde de fundo sobreposto por um losango em ouro e este por um círculo branco no qual está o Brasão de Armas do Estado. Os vértices do losango estão a 0,85 unidades das laterais do retângulo, enquanto o círculo branco possui 1,75 unidades de raio.

História[editar | editar código-fonte]

Foi criada pelo comerciante João Tibúrcio Albano, filho do barão de Aratanha, substituindo a esfera celestial da bandeira republicana pelo brasão estadual. Todavia, foi apenas em 1922 que o Presidente Justiniano de Serpa veio a assinar decreto instituído o pavilhão cearense. No ato oficial, determinou que este fosse constituído de um retângulo verde e o losango amarelo da bandeira nacional, tendo ao centro um círculo branco e no meio deste o escudo do Ceará.

O Decreto nº 1.971, de 25 de agosto de 1922, seria modificado pela Lei nº 8.889, de 31 de agosto de 1967, sancionada pelo Governador Plácido Aderaldo Castelo, com o auxílio do historiador Raimundo Girão, então Secretário da Cultura. Em seu artigo 2º dizia esse instrumento legal: - "Considerado o módulo arbitrário M, serão observadas na bandeira as seguintes proporções: a altura corresponderá a 14m; a largura a 20m; os vértices do losango estarão a 1,7m dos lados do retângulo; o raio do círculo corresponderá a 3,5m a distância da parte superior e da inferior das armas, em relação ao círculo corresponderá a 1m; e os flancos, também em relação ao círculo, 2m".

Simbolismo[editar | editar código-fonte]

As cores principais da bandeira (verde, amarelo e branco) são as mesmas da bandeira do Brasil e são uma representação da integração do estado com o Brasil, separadamente cada cor tem um significado específico:

os outros símbolos, por sua vez representam:

O Brasão do Estado do Ceará será representado por um escudo polônio com campo verde, fendido, figurando na sua parte esquerda sete estrelas, na cor branca, que representam as mesorregiões do Estado, e, sobre o todo, a elipse central, com elementos internos distribuídos em quatro quadrantes, com a linha do horizonte no centro. O primeiro quadrante contém o sol e o farol do Mucuripe; o segundo, a serra e o pássaro; o terceiro, o mar e a jangada; e o quarto, o sertão e a carnaúba, simbolizando os quatro elementos da natureza: fogo, ar, água e terra. Como timbre, a figura de uma fortaleza de construção antiga, cor de ouro, com cinco merlões, representam o povo (Redação dada pela Lei n° 13.897, DE 21.06.07).


Referências

Bandeiras das unidades federativas do Brasil
Acre Bahia Goiás Minas Gerais Pernambuco Rio Grande do Sul São Paulo
Alagoas Ceará Maranhão Pará Piauí Rondônia Sergipe
Amapá Distrito Federal Mato Grosso Paraíba Rio de Janeiro Roraima Tocantins
Amazonas Espírito Santo Mato Grosso do Sul Paraná Rio Grande do Norte Santa Catarina Brasil
Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.