Bandslam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Bandslam
High School Rock Stars (PT)
No Caminho do Sucesso (BR)
 Estados Unidos
2009 • cor • 111 min 
Direção Todd Graff
Codireção Josh Cagan
Produção Elaine Thomas
Ron Schmidt
Coprodução KC Hodenfield
Produção executiva Ron Schmidt
Marisa Yeres
Roteiro Todd Graff
Josh Cagan A.
Baseado em Josh Cagan A.
Narração Gaelan Connell
Elenco Vanessa Hudgens
Gaelan Connell
Alyson Michalka
Lisa Kudrow
Charlie Saxton
Tim Jo
Ryan Donowho
Elvy Yost
Lisa Chung
Scott Porter
David Bowie
.
Género Musical, Comédia, Romance
Idioma Inglês
Música Adam Lasus
Linda Cohen
Junkie XL
Produtor de VHX W. Basquette
Eric Pickett
Direção de arte Carrin Welch
Direção de fotografia Van Redin
Diretor de ação Ellen Lampl
Jogo de cena Jeffrey P. Schwan
Figurino Kathleen Kiatta
Taylor Rierden
Edição Elizabeth Ross
David SOOC
Estúdio Walden Media
Distribuição Summit Entertainment
Lançamento  Estados Unidos 14 de agosto de 2009
 Brasil 11 de setembro de 2009
Orçamento 20 milhões de dólares
Receita $ 11.448.897 (mundial)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Bandslam (br: No Caminho do Sucesso / pt: High School Rock Stars), é um filme de comédia romântica de 2009, estrelado por Gaelan Connell, Vanessa Hudgens e Aly Michalka. O filme foi produzido pela Walden Media e Summit Entertainment.

Com intuito de montar uma banda, Will Burton com uma equipe de desajustados, formam um grupo de rock para participar de uma batalha de bandas chamada de Bandslam. O filme foi filmado em Austin, Texas, com cenas adicionais filmadas em Nova York. Bandslam gerou críticas excelentes, mas não conseguiu gráfico no Top 10 quando foi lançado em 14 de agosto de 2009, onde o filme arrecadou 2.250.000 de dólares apenas no fim de semana inicial, fazendo sucesso com o público ouvinte de indie rock.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Will Burton é um garoto que não é muito descolado e popular na sua escola e seu sonho é ser invisível para que todos parem de pegar no seu pé pois quando tinha 12 anos de idade seu pai atropelou um garoto chamado Denis Ardmore quando voltava da escola. O pai de Will dirigia embriagado então Will chegou na família e pediu perdão pelo acontecido e todos o chamam de Dewey que significa "DWI" (pronuncia: Dewey) que são siglas de "Driving While Intoxicated" (Dirigir sobre influência do álcool), seu sonho se realiza quando sua mãe Karen Burton larga o emprego e se muda para outra cidade. Ele em uma nova escola finalmente realiza seu sonho, mas no seu primeiro dia de aula conhece Sa5m com quem terá que fazer um trabalho em dupla que será mostrar quem o parceiro é de verdade, Através de Sa5m ele toma conhecimento do Bandslam a maior competição musical de rock, pop, R&B, hip hop, punk rock do país.

Ao mesmo tempo conhece Charlotte Barnes uma garota do último ano que o convida para ajudá-la a cuidar de uma creche, Charlotte tem uma banda chamada The Glory Dogs que tem como integrantes Omar o guitarrista, Bug o baixista. Seu ex-namorado Ben Wheatly deixou a banda e criou outra chamada Ben Whetley e The Glory Dogs, Will que é uma enciclopédia da música ambulante é convidado para ser empresário da banda e organizá-la então ele batiza a banda com o nome de I Can't Go On, I'll Go On" e ajuda a promover a banda no My Space e arranjando mais músicos. Eles se inscrevem no Bandslam, mas Sa5m e Charlotte não são amigas e isso está dividindo Will, quando uma série de acontecimentos faz com que Charlotte saia da banda e Sa5m vire vocalista principal eles terão que enfrentar bandas como The Daze, The Burning Hotels, Zeale & Phranchyze, Ben Wheatley e The Glory Dogs entre várias.

Eles convidam então outros músicos para entrar na banda Basher Martin o baterista, Irene Lerman a violoncelista e Kim Chung Lee a pianista para tocar e encrementar o que falta na banda. Eles terão então que se juntar para enfrentar as pessoas que vão contra eles pegando as barreiras e transformando-as em degraus para a fama.[1] .

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Sa5m (o 5 é mudo)[editar | editar código-fonte]

  • Vanessa Hudgens como Sa5m. Ela é a primeira amiga de Will na sua nova escola em Lodi, Nova Jersey. Ela fala em um tom monótono e devagar, pois diz que a emoção é supervalorizada, e costumava gaguejar quando era jovem. Sam desenvolve uma relação com Will, mas "rompe" com ele quando ela se levantou-se para uma data e descobre que Will foi em um evento com Charlotte. Descobrimos mais tarde que ela é cantora muito talentosa. Depois de se reconciliar com Will e é nomeada a nova vocalista em sua banda.

Will Burton[editar | editar código-fonte]

  • Gaelan Connell como Will Burton, um ávido fã de David Bowie. Ele escreve e-mails para ele, mas David Bowie nunca responde. Will é também um entusiasta da música e bem familiarizado com a mecânica da música pop e rock. Depois de se mudar para Nova Jersey e uma nova escola secundária, encontra-se com Charlotte. Eles esperam para competir na Costa Leste, a famosa "Batalha das Bandas" chamada "Bandslam". Ele mora com sua mãe que é solteira, e seu pai está preso.

Charlotte Barnes[editar | editar código-fonte]

  • Aly Michalka como Charlotte Barnes, ela é uma cheerleader popular com sua própria página da Wikipedia e uma formanda na escola secundária que frequenta. Seu pai Phill é doente não aprova a forma como ela anda somente com os populares na escola. Charlotte faz uma promessa de abandonar a populars e correr com os miúdos mais nerds como Will e Sa5m na esperança de que este bom comportamento fará com que seu pai fique melhor. Seus esforços para iniciar uma nova banda ("I Can't Go On, I'll Go On"), inclui Will como o empresário técnico e os oito músicos que compõem o seu grupo recém-formado. Seu antigo namorado, Ben Wheatley, várias vezes no filme tenta cortejar Charlotte de volta.

Karen Burton[editar | editar código-fonte]

  • Lisa Kudrow como Karen Burton (mãe de Will monoparentais). Ela está preocupada com o envolvimento de Will com outras crianças na escola, porque eles buscá-lo devido ao fato de que seu pai foi enviado para a prisão. Ela é uma boa mãe e tenta protegê-lo dos gostos de Charlotte.

Ben Wheatly[editar | editar código-fonte]

  • Scott Porter como Ben Wheatly, o fanfarrão e show-off vocalista da banda original, "Glory Dogs", que agora está competindo contra a nova banda de Charlotte, "I Can't Go On, I'll Go On". Ele é namorado de Charlotte-ex também. Na parte posterior do filme, ele se reconcilia com Charlotte e também torna-se amigos com o resto do "I Can't Go On, I'll Go On" da banda.

Bug[editar | editar código-fonte]

  • Charlie Saxton como Bug é um garoto temperamental e estressado, seu ego que fala acima de tudo. É baixista da "I Can't Go On, I 'll Go On" e não fica muito conformado com as mudanças na banda e ainda mais com a mudança de nome, que antes era "Glory Dogs". Ele vive pegando no pé de Omar, que diz ser inglês, mas nasceu em New Jersey.

Omar[editar | editar código-fonte]

  • Tim Jo como Omar é um garoto muito engraçado,que afirma que é Inglês mas nasceu em New Jersey que se localiza nos Estados Unidos. Ele é guitarrista na banda "I Can't Go On, I'll Go On". Vive brigando com o Bug e adora fazer o que faz.

Basher Martin[editar | editar código-fonte]

  • Ryan Donowho - como Bascer Martin é um garoto nervoso que faz sessões com psicólogos para controle da raiva. Reprovou duas vezes no Ensino Médio. Ele é uma lenda na cidade por saber tocar bateria muito bem, mas trabalha em uma oficina. Ele diz que se sente como Clark Kent em relação a saber tocar bateria e o mundo não saber desse seu talento.

Tabela de Estreia[editar | editar código-fonte]

País Data
 Canadá 12 de agosto de 2009
 Austrália 13 de agosto de 2009
 China 14 de agosto de 2009
 Espanha 2 de setembro de 2009
 Brasil 11 de setembro de 2009
 França 25 de setembro de 2009

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

O Lançamento da trilha sonora do filme chegou às lojas dia 11 de agosto de 2009[2] [3] .

  1. Rebel Rebel
  2. Amphetamine
  3. 24 Hours
  4. Where Are You Now
  5. Lunar One
  6. Femme Fatale
  7. Twice Is Too Much
  8. Road
  9. Someone to Fall Back On
  10. I Want You to Want Me
  11. Pretend
  12. Stuck in the Middle
  13. Blizzard Woman Blues
  14. Everything I Own
  15. What Light

Ver Artigo Principal Bandslam (trilha sonora)

Marketing[editar | editar código-fonte]

Devido a grande histeria e fama devido aos filmes High School Musical a produtora decidiu lançar o nome original apenas nos EUA e o filme recebeu vários e diferentes nomes pelo mundo:

Músicas do filme[editar | editar código-fonte]

Essas São as Músicas do filme são quase 40 na ordem de música de fundo apresentações ensaios e créditos finais.

Música de fundo[editar | editar código-fonte]

  1. Rebel Rebel – David Bowie.
  2. Do Not Look Back– Peter Tosh & Mick.
  3. ChangesDavid Bowie.
  4. Sunny Side Up – Scott Porter & Glory Dogs.
  5. Wichita Lineman – Glen Campbell.
  6. Make You Want to Scream – Anthony Taccetta.
  7. Femme FataleThe Velvet Underground and Nico.
  8. RoadNick Drake.
  9. Lunar One – Seventeen.
  10. What Heart – Oliver Future.
  11. Feels So GoodChuck Mangione.
  12. Free Time – The Aggrolites.
  13. PretendBen Whetley & Glory Dogs.
  14. StarDavid Bowie.
  15. Twice is Too Much – Exist.
  16. Leave it To the Wind – Scott Porter & Glory Dogs.
  17. Jammin 'on F – I Can't Go On, I'll Go On.
  18. My Country Tis of Thee – The Antislavery.
  19. 24 Hours – Shack.
  20. See No Evil – Television CBGB.
  21. Young Folks – Peter Bjorn.
  22. What Light – Wilco.

Ensaio da banda[editar | editar código-fonte]

  1. I Want You to Want MeAly Michalka.
  2. AmphetamineI Can't Go On, I'll Go On feat. Aly Michalka.
  3. Someone to Fall Back On - I Can't Go On, I'll Go On feat. Aly Michalka.

Concerto The Burning Hotels[editar | editar código-fonte]

  1. Stuck in the Middle – The Burning Hotels.

Bandslam[editar | editar código-fonte]

  1. Someone to Fall Back OnScott Porter & The Glory Dogs.
  2. Blizzard Woman Blues – The Daze.
  3. My New Romance – The Burning Hotels.
  4. Shape – Zeale & Phranchyze.
  5. Everything I OwnI Can't Go On, I'll Go On feat. Vanessa Hudgens.

Créditos Finais[editar | editar código-fonte]

  1. CorvetteGolden Smog.
  2. Where Are You NowHonor Society.

Estreia[editar | editar código-fonte]

O filme "High School Band" (Bandslam) foi bem recebido no Brasil com apenas uma critica ruim: o nome, poderia ter sido deixado o título original para que não parecesse mais um produto do pacote "cante junto" dos títulos HSM. O filme surpeendeu na proposta rock independente segundo o site Terra Networks, "o filme não desafina e muito menos perde o tom" quando há uma guitarra por perto[4] .

Pode-se dizer até que este é um filme que não perde o tom e muito menos desafina naquilo que ele se propõe a ser, ou seja, uma honesta e boba história de amor que usa do artifício de uma trilha sonora para versar sobre o ciclo de vida de um adolescente "nerd": nascer para a selvagem sociedade colegial, crescer tentando se encaixar em uma tribo, procriar falsas esperanças românticas e, finalmente, morrer de vergonha no canto da sala de aula. Naturalmente, como toda comédia romântica que se preze, alguns processos desse ciclo precisam ser quebrados e aí entra o elemento 'trilha sonora rock'n'roll'.

E claro que, em um filme que se pretende "rock'n'roll", as referências a clássicos do gênero e uma trilha sonora esperta precisam estar bem sincronizadas. E salvo uma cena ou outra - o que acontece quando o roteiro precisa levantar a bola de Vanessa Hudgens - o filme acerta ao usar os clichês que fãs do rock independente adoram: David Bowie e músicas como Femme Fatale, usada no filme em um clipe com estética propositalmente caseira e granulada. Meninos sensíveis amam, meninas carentes se apaixonam. E, no fim das contas, o que se imaginava ser um genérico de High School Musical, convence incrédulos espectadores de que sempre há uma boa história a se contar quando existe uma guitarra por perto[5] .

Produção[editar | editar código-fonte]

Bandslam foi comprado por um estúdio em 2004, mas em janeiro de 2008, Walden Media e Summit Entertainment anunciaram que iriam co-financiar Bandslam, uma história co-escrita por Todd Graff e Josh Cagan, que foi dirigida por Graff. Todd Graff foi contratado em março de 2007 o filme e reescreveu o roteiro. Antes de filmar, eles tiveram duas semanas de ensaios musicais. Os atores e atrizes foram designados para tocar seus instrumentos. Ryan Donowho teve experiências com baterias e Aly Michalka com a guitarra, por isso eles foram escalados para usar estes instrumentos no filme, mas Lisa Chung, Scott Porter e Vanessa Hudgens não tinham experiência nenhuma. Vanessa Hudgens disse à MTV News sobre o conjunto de Bandslam em Austin, Texas, no ano passado:

"Eles disseram nós íamos ter duas semanas para ensaiar as músicas, e eu disse: 'O quê?!' Mas foi muito legal. Definitivamente não é o tipo de música que eu faço normalmente."


A fotografia principal começou em 9 de fevereiro de 2008 em Austin, Texas. Embora o filme se passe em Nova Jersey, Graff sentiu fortemente que foi importante para filmar em um lugar com uma grande variedade de música ao vivo para você escolher:

"Acredito fielmente nas cenas locais. Eu acho que é a essência da música. Austin é conhecida como uma cidade da música, e com razão. Eles têm uma tonelada de bandas realmente grandes apenas tentando vencer com sua música lá fora. Assim, é excelente que nós tivemos uma oportunidade de usar várias bandas locais."


Em entrevista ao Los Angeles Times, o diretor Todd Graff admitiu que houve incongruências culturais subjacentes ao filme:

"Eu sei, é demente."


Lançamento[editar | editar código-fonte]

A noite de estreia de Bandslam foi realizada em 6 de agosto de 2009. Summit Entertainment gastou um valor estimado de 20 milhões de dólares para produzir e comercializar o filme. O trailer completo foi lançado na internet em 25 de março de 2009. Em 3 de junho de 2009, o cartaz oficial foi lançado. Um romance baseado no livro escrito por Molly Kempf foi lançado em 9 de julho de 2009. Aly Michalka, Vanessa Hudgens e Gaelan Connell organizaram um evento Bandslam Reel no Museu Grammy em Los Angeles para promover a importância da música para os meios escolares.

Em parceria com a Magic 106,7, Summit Entertainment realizou um concurso de bandas em Boston Burlington Mall. Vanessa Hudgens e Gaelan Connell participaram do concurso como juízes. Mike Ryan ganhou a competição. Em 7 de agosto de 2009, Vanessa Hudgens e Aly Michalka foram nomeadas garotas propagandas oficiais como parte da tática de divulgação do filme. A indução foi realizada no Harmony Gold Preview Casa e Teatro. Durante a indução, uma sessão especial foi realizada para garotas propaganda presentes no caso.

No entanto, as estratégias de marketing da Summit Entertainment foram criticadas. Houve uma série de telefonemas e e-mails de chefes de marketing em diferentes estúdios de marketing dizendo que o filme pode ter tido a pior tática de divulgação, visto desde o posicionamento, o título, marketing, e público alvo.

Nikki Finke enviou um e-mail com uma critica ao Bandslam que salientou que o marketing Cimeira têm basicamente o de suas estrelas Vanessa Hudgens e Aly Michalka em vez de vender o conceito. O e-mail afirma ainda que "Eles 'Disneyaram' este filme com tinta glitter". O membro também enfatizou quem "as boas críticas o filme estão apenas começando, mas foi pena que não vendeu bem por causa do mau marketing".

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Em parceria com a Magic 106,7, Summit Entertainment realizou um concurso de bandas em Boston Burlington Mall. Vanessa Hudgens e Gaelan Connell participaram do concurso como juízes. Mike Ryan ganhou a competição. Em 7 de agosto de 2009, Vanessa Hudgens e Aly Michalka foram nomeadas garotas propagandas oficiais como parte da tática de divulgação do filme. A indução foi realizada no Harmony Gold Preview Casa e Teatro. Durante a indução, uma sessão especial foi realizada para garotas propaganda presentes no caso. No Reino Unido, o site Stardoll iniciou uma campanha que permite aos usuários vestirem Vanessa Hudgens em trajes diferentes do filme Bandslam.

No entanto, as estratégias de marketing da Summit Entertainment foram criticadas. Houve uma série de telefonemas e e-mails de chefes de marketing em diferentes estúdios de marketing dizendo que o filme pode ter tido a pior tática de divulgação, visto desde o posicionamento, o título, marketing, e público alvo. Nikki Finke enviou um e-mail com uma critica ao Bandslam que salientou que o marketing Cimeira têm basicamente o de suas estrelas Vanessa Hudgens e Aly Michalka em vez de vender o conceito. O e-mail afirma ainda que "Eles 'Disneyaram' este filme com tinta glitter". O membro também enfatizou quem "as boas críticas o filme estão apenas começando, mas foi pena que não vendeu bem por causa do mau marketing".

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Bandslam foi lançado em 12 de agosto de 2009, no Reino Unido, Irlanda e França, 13 de agosto de 2009 na Austrália, em 14 de agosto nos E.U.A e Canadá. 20 de agosto de 2009 em algumas partes da Ásia, 26 de agosto 2009 nas Filipinas. Anteriormente a data provisória do filme era 10 de abril, listados pelos números em torno do tempo Liam Aiken esteve envolvido no filme. Em seguida, passou a ser em 31 de julho de 2009, que foi a data de lançamento original, quando a produção começou. Mas, com razões desconhecidas, Mojo confirma que empurrou para trás a sua data atual de liberação nos E.U.A que foi em 14 de agosto de 2009.

O filme foi anteriormente intitulado como Will, com base em relatos iniciais, e, em seguida, foi renomeado para Rock On, em última análise, acaba sendo chamado de "Bandslam". No Brasil o filme foi intitulado como High School Band , e College Rock Stars, na França.

A noite de estreia, que contou com todo o elenco, incluindo os principais atores do filme, foi realizada em Westwood, Califórnia, 6 de agosto de 2009. O filme foi classificado como PG nos EUA, por alguns elementos temáticos e suave linguagem. Nas Filipinas é considerado GP.

Bilheterias[editar | editar código-fonte]

Bandslam recebeu críticas de sucesso, mas não foi muito bem comercialmente. Foi distribuído em 2.121 cinemas e arrecadou 2.231.273 de dólares em sua semana de estreia. Ele não conseguiu entrar no Top 10 na bilheteria. No entanto, no Reino Unido, assumiu a posição 7 no ranking do fim de semana nas bilheterias. A partir de 15 de setembro de 2009, o filme tem um PIB de U$ 5.157.620 com um estrangeiro bruto de U$ 3.409.970, totalizando um internacional bruto de U$ 8.567.590.

Cenas excluídas[editar | editar código-fonte]

Segundo o diretor a primeira edição do filme sem nenhum corte teve duração de 2h 40min. Então o diretor cortou algumas cenas que são as seguintes.

  • Ânimo - Cena em que todos estão desanimados e Sa5m chega e grita com todos para que comecem a se animar.
  • Cena com cachorro - Cena em que um cachorro trás um papel higiênico vazio para Karen e leva um cheio.
  • Precisamos de um baterista - Cena em que Charlotte, Bug e Omar contam que baterista querem na banda e também sobre o gênio do garoto.
  • Cena do video - Cena do video onde todos dançam na garagem e marcham como soldados.
  • Amphetamine (Acústico) - Cena em que Charlotte canta uma parte de "Amphetamine" ao violão bem lentamente.
  • Pretend (Completa) - A cena em que Ben canta "Pretend" no laboratório, só que a música completa.
  • Conhecendo Megan - Cena em que Megan, uma antiga amiga de Charlotte, vende camisetas dos Glory Dogs.

Recepção e críticas[editar | editar código-fonte]

Bandslam foi bem recebido criticamente, antes e depois de lançado. Vanessa Hudgens recebeu uma quantidade de elogios dos comentadores, enfatizando sua transição de ser associado com seu caráter comercial anterior, Gabriella Montez. Mesmo que Gaelan Connell e Aly Michalka e cada um recebeu o seu justo valor de imprensa entusiasmado. Comentadores afirmaram que a música do filme, principalmente levantada para o sucesso do Bandslam de opiniões, especialmente pela versão otimista de "Everything I Own", que o filme está cheio de prazeres inesperados definido como uma trilha sonora retrô surpreendentemente perfeita.

  • Broadcast Film Critics Association deu ao filme uma pontuação rating 85 e um 4/5 estrelas. A partir de 15 de agosto, baseado em 20 opiniões recolhidas.
  • Metacritic deu ao filme um 66 na pontuação.
  • Lisa Schwarzbaum deu ao filme um "B", e elogiou Vanessa Hudgens pela performance e Aly Michalka também.
  • Cream Rotten Tomatoes dos críticos da cultura, o filme teve um índice de aprovação geral de 89%. Com a resposta positiva da revisão crítica Rotten Tomatoes recolhidos, é classificado # 9 a 10.
  • The Washington Post 's Choice crítico, com uma pontuação perfeita de 4/4 estrelas. Bandslam estava de alguma forma associada com High School Musical em um par de opiniões.

Críticas[editar | editar código-fonte]

  • Rotten Tomatoes deu um 80% aceitável "frescos" baseado em 84 opiniões recolhidas. 67 "frescura" e 17 "podre", com o consenso registrados:
Bandslam é um filme inteligente adolescente que evita clichês filme teen, em um pacote de música e entretenimento vinda de drama idade.


  • Variety disse:
Bandslam fará a sua voz embargada ouviu o rapaz no meio do verão baseados camarilha blockbuster. Filme original, alegre com trilha sonora perfeita e autêntica


  • Joe Williams disse
Embora seja o teen musical que prevalece, é o desajuste vinda de idade da história que deixa uma boa impressão.


  • Roger Ebert escreveu sobre a sua análise, que:
Embora este filme não é um avanço, É encantador, e não mais inócuo do que tem que ser.


Bandslam não pode romper totalmente o modelo teen musical filme solo, mas não oferece vislumbres dos artistas intrigantes prontos para sair do estábulo Disney.


  • David Waddington dos créditos de Gales do Norte Pioneiro disse que:
Vanessa Hudgens ofusca o resto do elenco, não cabe com a narrativa em marginalizado e tornando o clímax inevitável e acaba com todos os mais esperados.


  • Guardian Philip elogiou Vanessa Hudgens pelo seu desempenho no filme que ainda disse:
Vanessa se parece com o jovem Thandie Newton e gracinhas como Dorothy Parker. Bandslam é um filme espirituoso, com o tocar, habilmente desenhados para filme com música excelente.


  • Derek Adams disse:
Bandslam está longe de ser excepcional, mas é salvo pelo desenvolvimento do personagem decente, um conjunto de performances envolvente e vários momentos divertidos inexpressivo.


  • Mail Revisor disse o seguinte:
Bandslam oferece algumas observacional nice e momentos de comédia, e diretor e co-roteirista Todd Graff habilmente entregar a vinda de bens de idade para os três personagens principais.


  • O Daily Telegraph 's revisor Leight Paastch diz que:
O filme dá ao gênero uma rotação velha direita graças a algumas performances animadas e estimulação aguda.


  • Star Ledger diz que:
O enredo é bem inclinada Basicamente, é a imagem padrão teen - garota dividida entre o bad boy e bom rapaz - com uma mudança de gênero.


Bandslam é um filme muito bom dado que as probabilidades de ele ter sido um filme muito ruim foram íngreme.


  • Eye revisor Weekly Will Sloan diz:
Bandslam é como uma versão hippie de Adventureland, e se suas limitações de PG mantê-lo de ser tão perspicaz ou engraçado como esse filme, é ainda um útil, pouco surpreendentemente inteligente de tweenertainment.


É uma comédia ambientada no contexto de uma batalha do ensino médio do concurso das bandas que consegue chegar a um novo contratempo para a abster-se alienado familiar adolescente, impulsionado por um talentoso elenco e trilha sonora autêntica.


  • Terra Network site brasileiro fez o seguinte comentário:
Não é fácil levar a sério um filme que chega aos cinemas com o nome de "High School Band". O filme não desafina em nenhum momento. O filme acertou no quezito rock independente. No final o que se pensava ser mais um genérico de "High School Musical" impressiona mostrando o que se pode fazer quando se tem uma guitarra por perto.


Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • No filme no primeiro dia de aula de Will no novo colégio é no segundo semestre como diz Karen e no primeiro dia dele no horário de Almoço um garoto que apresenta os Glory Dogs pergunta o que irá a contecer daqui a 3600 horas o que corresponde a 150 dias e que corresponde a 5 meses supondo que o Bandslam seria no sábado então no filme o Bandslam aconteceu no dia 5 de dezembro de 2009.
  • Nos EUA e no Brasil foi passado o trailer de Lua Nova após a exibição do filme[6] .
  • A música "Blizzard Womans Blue" é uma das poucas músicas que possui três estrofes e três refrões antes do bridge.
  • No Roteiro original do filme o nome Glory Dogs era River Dogs mas existe uma banda que já usa este nome então foi mudado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências