Domingo Legal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Banheira do Gugu)
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde junho de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Domingo Legal
Logotipo do programa.
Informação geral
Formato Programa de auditório
Duração 240 minutos
Criador(es) Homero Salles
Gugu Liberato
Roberto Manzoni
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Roberto Manzoni (geral)
Marcio Esquilo (2011-)
Walter Wanderley (quadros)
Apresentador(es) Gugu Liberato (1993 - 2009)
Celso Portiolli (2009 - presente)
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil SBT
Formato de exibição 1080i HD (2008 - presente)
480i SD (1993 - 2008)
Transmissão original 17 de janeiro de 1993 - presente
Celso Portiolli atual apresentador do programa

Domingo Legal é um programa de televisão dominical brasileiro, produzido pelo SBT. Estreou em 17 de janeiro de 1993.

História[editar | editar código-fonte]

O programa estreou em 17 de janeiro de 1993[1] e era gravado em seu primeiro ano, porém em 7 de agosto de 1994 o programa passou a ser ao vivo.

No dia 3 de março de 1996, o programa conseguiu um dos maiores recordes de audiência do SBT, foram 37 pontos de média com picos de 47 pontos, quando fazia a cobertura da morte do grupo Mamonas Assassinas.[2]

A partir de 1997 o Domingo Legal inicia uma disputa para ganhar a audiência do Domingão do Faustão e consegue ficar na liderança por varios dias.[3] [4] [5]

Em fevereiro de 1998 Gugu contratou a dupla ET & Rodolfo para apresentar o quadro "Bom Dia Legal", em que os dois usavam um buzina para acordar famosos,[6] o quadro teve um enorme sucesso na época chegando muitas vezes a bater a Rede Globo, em 2001 o quadro sai do ar devido ao fim da dupla.

A partir de 1 de fevereiro de 1998, o Domingo Legal passa a ser gravado nos estúdios do CDT da Anhanguera.[7]

Em 15 de fevereiro de 1998, o programa apresentado por Gugu alcança média de 24 pontos de audiência, anunciando com exclusividade o sexo (feminino) do bebê da apresentadora Xuxa.[8]

Em 2000 o Domingo Legal ficou 30 semanas seguidas e cinco não-consecutivas na frente da Globo, liderando com folga.[9]

Em 30 de abril de 2000 o Domingo Legal realizou o leilão de uma sunga que teria sido usada pelo ator Thiago Lacerda, o ator não gostou do ocorrido e processou o apresentador Gugu, o diretor do programa Roberto Manzoni e o SBT por danos morais,[10] Em 2005, Gugu e o SBT foram condenados pela justiça a pagar uma indenização ao ator Thiago Lacerda,[11] porém em Novembro de 2011 o ator disse ao um jornal carioca que não recebeu a indenização que ganhou na justiça[12] e de acordo com a justiça atualmente o valor da indenização pode passar dos R$ 900 mil.[13]

Em 23 de julho de 2000, o programa marcou 32 pontos, com a visita de Gugu a casa de Carlos Alberto da Nóbrega e também com a presença de Ivete Sangalo no palco do programa, na mesma hora o Domingão do Faustão marcou apenas 14 pontos.[14]

Em julho de 2000 o programa contratou Netinho de Paula e cria o quadro "A Princesa e o Plebeu", em que adolescentes pediam para viver um dia de "princesa" ao lado de Netinho, o quadro ficou no ar até Março de 2001 quando Netinho deixa o SBT e é contratado pela Rede Record para apresentar o Domingo da Gente.[15]

O ex-apresentador do programa, Gugu Liberato (esq.), ao lado do assistente de palco Liminha (dir.).

No dia 28 de janeiro de 2001 o programa consegiu média de 22 pontos com picos de 27 na mesma hora o Domingão do Faustão ficoucom apenas 13 pontos.[16]

Em 6 de maio de 2001, o Domingo Legal bateu 37 pontos de audiência com a presença do ator belga Jean Claude Van Damme no programa, foi uma das maiores audiências do programa; na mesma hora, a Globo marcou 27.[17]

Em 7 de julho de 2002 o programa consegiu média de 25 pontos contra 19 pontos da Rede Globo que exibia a Copa dos Campeões.[18]

Em 2002 o Domingo Legal começa a perder audiência e empata na média anual com o Domingão do Faustão, foram 23 pontos para as duas atrações.[19]

No dia 3 de setembro de 2003 o diretor geral do programa Roberto Manzoni pediu demissão do cargo, pois ele estava insatisfeito com a forte queda de audiência do programa.[20]

Em 7 de setembro de 2003 foi transmitida para todo o Brasil a falsa entrevista com membros da facção criminosa PCC.[21] [22]

No dia 21 de setembro de 2003 o Domingo Legal não foi exibido, devido a uma liminar concedida pela Vara Civil Federal que proibia a exibição do programa, caso o SBT descomprisse com a decisão, teria que pagar uma multa de R$ 100 mil por dia.[23] [24] No lugar do programa, o SBT exibiu reprises do Troféu Imprensa e do Curtindo uma Viagem,[25] porém no dia 28 de Setembro de 2003 o programa voltou a ser exibido, mais com a audiência bem menor que antigamente.[26] [27] [28]

Em 24 de setembro de 2003 Roberto Manzoni volta a direçâo do Domingo Legal, a pedido de Gugu Liberato.[29]

Apos o Caso do PCC, a audiência do programa caiu muito, em 2003 o programa conseguiu 18 pontos de média anual, em 2004 caiu para 15 pontos, em 2005 caiu e novo para 14 pontos e 2006 caiu mais uma vez para somente 12 pontos.[30]

Em fevereiro de 2006 o SBT anunciou que iria diminuir pela metade os custos de produção do programa e também metade da equipe de produção sera demitida, a justificativa da emissora foi que o programa não dava mais lucro devido ao caso do PCC em 2003 e que era necessario cortar em 50% os custos para o programa voltar a lucrar,[31] no dia 2 de abril de 2006, o programa também mudou de horario, passando a ser exibido das 17h30 até as 21h30,[32] seu horario antigo era das 16h00 até 20h25.[33]

Em 3 de agosto de 2008 o Domingo Legal alcançou média de 19 pontos com picos de 28, uma das ultimas grandes audiências do programa, na mesma hora a Rede Globo registrou o primeiro lugar com 22 pontos e a Rede Record ficou em terceiro com 11 pontos.[34]

No dia 25 de junho de 2009 Gugu assinou contrato com a Rede Record. A notícia, apesar de esperada no SBT, e por Silvio Santos, causou surpresa mesmo assim, devido a história do apresentador no SBT, que se despedia da emissora que o revelou, e do programa que o levou ao sucesso, após 16 anos no comando da atração. No dia 28 de junho o programa mudou de horário, passou a ser exibido ao meio dia e o Programa Silvio Santos às 16 horas.[35] Em 12 de julho, do mesmo ano, Celso Portiolli assume o comando do novo Domingo Legal.[36]

No dia 20 de novembro de 2011 o Domingo Legal teve a pior média do ano de 2011, a atração conseguiu apenas 4,7 pontos e ficou em terceiro lugar, na mesma hoara a Rede Globo foi lider com 9,3 pontos e a Rede Record foi vice-lider com 8 pontos.[37]

Em 22 de abril de 2012, o programa lança um novo cenário e um novo visual com objetivo de levantar a audiência da atração.[38] [39] Em 30 de novembro de 2014, marcou média de 10 pontos de audiência e sagrou-se na liderança isolada nesta data no horário que foi transmitido devido à cobertura do velório do humorista mexicano Roberto Gómez Bolaños, conhecido por interpretar o protagonista da série Chaves, sendo também o maior índice alcançado pelo programa em 2014. A Globo posicionou-se na segunda colocação com 8,9 pontos durante o horário.[40]

Escândalo do PCC[editar | editar código-fonte]

Banheira do Gugu[editar | editar código-fonte]

A "Banheira do Gugu" foi um quadro do programa e que foi censurado pela justiça em Outubro de 2000,[41] pois o Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação do Ministério da Justiça, considerou que o quadro não era adequado para o horário por apresentar cenas de quase nudez.[42] [43] , semanas depois o Ministério da Justiça liberou o quadro para ser exibido antes das 20h e o SBT voltou a exibi-lo[44] [45] a última exibição da "Banheira do Gugu" ocorreu em 19 de novembro de 2000 e o quadro foi cancelado.[46]


Referências

  1. http://www.sbt.com.br/domingolegal/programa/
  2. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1996/3/05/ilustrada/2.html
  3. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq291003.htm
  4. <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1997/10/20/ilustrada/7.html
  5. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq201007.htm
  6. [1].
  7. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/tvfolha/tv01029805.htm
  8. Folha de São Paulo 16/02/1998.
  9. [2].
  10. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq3009200537.htm
  11. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u53871.shtml
  12. http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-2/artigo/ha-11-anos-thiago-lacerda-espera-receber-indenizacao-de-gugu-liberato/
  13. http://www.parana-online.com.br/editoria/almanaque/news/578434/?noticia=ATOR+THIAGO+LACERDA+GANHA+ACAO+DE+DANOS+MORAIS
  14. Gugu derrota Faustão com 32 pontos de audiência.
  15. SBT grava quadro com Netinho do Negritude Jr Folha de SP (20 de julho de 2000).
  16. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u9812.shtml
  17. Babado (7 de maio de 2001).
  18. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u25452.shtml
  19. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u29639.shtml
  20. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u36488.shtml
  21. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u36631.shtml
  22. http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u82492.shtml
  23. http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u82479.shtml
  24. http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u82564.shtml
  25. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u37085.shtml
  26. http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI150076-EI306,00-Gugu+de+volta+ao+ar+tenta+evitar+o+caso+PCC.html
  27. http://www.estadao.com.br/arquivo/arteelazer/2003/not20030929p3011.htm
  28. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u37309.shtml
  29. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u37172.shtml
  30. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2301200720.htm
  31. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq1702200604.htm
  32. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2103200605.htm
  33. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2901200605.htm
  34. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u429359.shtml
  35. SBT muda horário de Gugu após anúncio de sua contratação pela Record.
  36. Celso Portiolli será o novo apresentador do 'Domingo Legal' no SBT Jornal OGLOBO. Visitado em 16 de janeiro de 2011.
  37. http://adnews.uol.com.br/pt/tv/domingo-legal-tem-a-pior-audiencia-com-bencao-de-padre-marcelo.html
  38. http://www.areavip.com.br/televisao/celso-portiolli-estreia-novo-cenario-do-domingo-legal.html
  39. http://natelinha.uol.com.br/noticias/2012/04/20/domingo-legal-vai-ganhar-novo-cenario-no-sbt-133741.php
  40. Folha de S. Paulo (01/12/2014). Com adeus a Chaves, SBT supera a Globo em audiência no domingo. Visitado em 01/12/2014.
  41. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2310200004.htm
  42. [3].
  43. [4].
  44. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u5882.shtml
  45. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq1111200004.htm
  46. [5].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]