Banu Hilal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo ou secção, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada em fr:Hilaliens e também na página de discussão. (outubro de 2012)
Mulheres hilalianas em Biskra, Argélia, num postal de 1904

Os Banu Hilal (em árabe: بنو هلال‎) ou Hilalianos foram uma confederação de tribos beduínas árabes[1] originárias do Hejaz, no oeste da Arábia, que emigraram para o Alto Egito no século XI.[2] Nesse mesmo século, foram enviados pelo Califado Fatímida para combater a dinastia berbere dos Ziridas por estes terem abandonado o Xiismo. Outros autores sugerem que os Banu Hilal deixaram as pradarias do Alto Nilo devido à degradação ambiental que acompanhou o período quente medieval.[3]

O Banu Hilal derrotaram rapidamente os Ziridas e enfraqueceram significativamente os seus vizinhos Hamaditas. O seu estabelecimento no Magrebe foi determinante na arabização linguística, cultural e étnica da região e na expansão do nomadismo em áreas que até ali tinha sido essencialmente agrícolas.[4] Ibn Khaldun relata que as terras devastadas pelos invasores hilalianos tornaram-se desertos áridos.[5]

A confederação tribal era comandada por bu Zayd al-Hilali. A história da jornada dos Banu Hilal desde Néjede, no centro da península Arábica, até à Tunísia, é contada de forma ficcionada na obra épica árabe Taghribat Bani Hilal, classificada em 2003 pela UNESCO como uma das "obras-primas do Património Oral e Imaterial da Humanidade. A mesma história é também contada na forma de poesia na Argélia, Tunísia e Egito.[carece de fontes?]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Weiss, Bernard G.; Green, Arnold H. (1987) (em inglês), A Survey of Arab History, American University in Cairo Press, p. 129, ISBN 977-424-180-0 
  2. Ballais, Jean-Louis (2000), Barker, Graeme; Gilbertson, David, eds., "Chapter 7: Conquests and land degradation in the eastern Maghreb" (em inglês), The Archaeology of Drylands: Living at the Margin (Londres: Routledge) 1 (Part III - Sahara and Sahel): 133, ISBN 978-0-415-23001-8 
  3. Ballais 2000, p. 134
  4. FSTC Limited (8 de dezembro de 2004). The Great Mosque of Tlemcen (em inglês) MuslimHeritage.com. Visitado em 16 de junho de 2013.
  5. Russell, Claire; Russell, W.M.S. (março de 1996), "Population Crises and Population Cycles. 3. North Africa and Western Asia" (em inglês), The Galton Institute Newsletter (www.galtoninstitute.org.uk) (20) 


Ícone de esboço Este artigo sobre etnologia ou grupos étnicos é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Banu Hilal