Barão de Cotegipe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Barão de Cotegipe
"Cotegipe"
"Capital da Soja"
Barão de Cotegipe

Barão de Cotegipe
Bandeira de Barão de Cotegipe
Brasão de Barão de Cotegipe
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 23 de janeiro
Fundação 1 de junho de 1964 (50 anos)
Gentílico cotegipense
Prefeito(a) Vladimir Farina (PP)
(2009–2012)
Localização
Localização de Barão de Cotegipe
Localização de Barão de Cotegipe no Rio Grande do Sul
Barão de Cotegipe está localizado em: Brasil
Barão de Cotegipe
Localização de Barão de Cotegipe no Brasil
27° 37' 15" S 52° 22' 48" O27° 37' 15" S 52° 22' 48" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008[1]
Microrregião Erechim IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Erechim, Campinas do Sul, São Valentim, Itatiba do Sul, Ponte Preta
Distância até a capital 345 km
Características geográficas
Área 259,907 km² [2]
População 6 529 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 25,12 hab./km²
Clima quente e seco
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,784 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 91 583,394 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 13 636,60 IBGE/2008[5]
Página oficial

Barão de Cotegipe é um município brasileiro do interior do estado do Rio Grande do Sul. Diferente de sua região, que apresenta um clima subtropical úmido, Barão de Cotegipe possui um clima quente e seco.

História[editar | editar código-fonte]

Barão de Cotegipe está situado na região do Alto Uruguai e seu território foi desmembrado do município de Erechim, do qual era Distrito.

Sua área é de 309 km2 e compreende parte das secções Paiol Grande, Mocambo, Tapir, Rio Azul, Palomas e 2a. secção Cravo. Em 1 de junho de 1964, teve sua emancipação decretada pela Lei 4737 O Município de Barão de Cotegipe iniciou seu povoamento por volta do ano de 1911, quando, aos poucos, foram chegando os colonizadores italianos, poloneses, ucranianos, lituanos e caboclos; surgia na Região do Alto Uruguai um novo povoado que se chamou primeiramente Floresta, e com o trabalho persistente dos colonizadores, teve sua emancipação no dia 23 de janeiro de 1965, levando o nome de Barão de Cotegipe em homenagem ao Estadista João Maurício Wanderley, braço direito do imperador Pedro I do Brasil, que visitou a localidade na época.[carece de fontes?]

O município de Barão de Cotegipe localiza-se ao Norte do Estado do Rio Grande do Sul, dentro da Região do Alto Uruguai, Micro - Região 326. Limita-se com os Municípios de Erechim (10 km), São Valentim (18 km), Itatiba do Sul (35 km), Barra do Rio Azul (28 km), Ponte Preta (15 km), Paulo Bento (6 km). Em relação à Capital Porto Alegre distancia-se 370 km. tendo como rodovia de acesso a RST 480.

Possui uma população de 6.591 habitantes de acordo com o Censo de 2000, sendo 3.291 na zona urbana e 3.300 na zona rural. Possui uma área de 271.15 km².

A cidade é cortada por três rios principais: Rio Jupirangaba, Lajeado Paiol Grande e Lajeado Barbaquá.

Barão de Cotegipe está a uma altitude de 765 m acima do nível do mar. Com um clima temperado, com chuva anual de 1422 mm.(média). A vegetação é de mata nativa com arbustos, árvores frutíferas e pastagens nativas.

Quanto ao perfil dos setores produtivos, Barão de Cotegipe caracteriza-se pela predominância do Setor Primário. Os principais produtos agrícolas cultivados são milho, trigo, soja e feijão. Além desses produtos, há um expressivo cultivo de erva-mate. A economia está baseada na agricultura familiar, sendo que esta representa 66% da renda do município, com aproximadamente 900 propriedades de agricultores familiares, possuindo diversas agroindústrias. O município possui a maior produção de frangos da região e também destaca-se na produção de leite, suínos, erva-mate, uva, grãos e fruticultura. Como potencialidade na geração de emprego e renda urbana destacam-se as industrializações da erva-mate, distribuidoras de medicamentos, fábricas de jóias, indústrias moveleiras, malharias, serralherias, fábrica de balanças e facas, artefatos de vime e artefatos de concreto.

O comércio conta com 84 estabelecimentos, entre lojas, mercados, farmácias e outros. O setor de prestação de serviços atua com escritórios de contabilidade, salões de beleza, oficinas mecânicas e outros.


Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade homenageia João Maurício Wanderley, o barão de Cotejipe, co-autor da Lei dos Sexagenários, também conhecida como Lei Saraiva-Cotegipe. Essa lei, promulgada no dia 28 de setembro de 1885, garantia a liberdade de escravos com mais de 60 anos.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Pertence à Mesorregião do Noroeste Rio-grandense e à Microrregião de Erechim. O município localiza-se no norte do estado, na Região do Alto Uruguai, sobre a cordilheira da Serra Geral.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Barão de Cotegipe é quente e tem um clima seco.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.