Bar Refaeli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bar Rafaeli
Bar Refaeli no Cinema Against AIDS 2011
Nome completo Bar Rafaeli
Data de nascimento 4 de junho de 1985 (28 anos)
Local de nascimento Hod HaSharon
Nacionalidade Israel Israelense
Etnia judia
Altura 1,74 m[1]
Cor do cabelo Loiro escuro
Cor dos olhos Azuis
Medidas 86.5-58-95
Manequim 36
Calçado 39
Agência One Management - Nova Iorque
IMG Models -Paris
MP Management - Milão
Storm Model Management -Londres
Principais trabalhos Sports Illustrated Swimsuit Issue
Victoria's Secret
Go Daddy
Site www.barrefaeli.co.il Página oficial

Bar Refaeli (Hod HaSharon, 4 de junho de 1985) é uma modelo israelense.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bar foi criada em um haras, junto com seus três irmãos e seus pais. Com 8 meses de idade Bar já participava de comerciais.

Apareceu em numerosas propagandas para grifes como, Louis Vuitton, Ralph Lauren, Victoria's Secret, Hurley, Rampage, Accessorize, Garnier, entre outras. Foi capa da prestigiada revista norte-americana Sports Illustrated Swimsuit Issue em 2009. Refaeli também foi capa de outras importantes revistas de moda como Vogue, GQ, Esquire e Marie Claire, entre outras.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Refaeli ficou famosa ao namorar Leonardo di Caprio, depois que o astro estadunidense terminou seu relacionamento com Gisele Bündchen.[2]

Menos de um ano depois de começar a carreira, Refaeli teve de colocar um aparelho ortodôntico em seus dentes o que a fez interromper sua carreira de modelo.[carece de fontes?]

Carreira militar[editar | editar código-fonte]

Em 2007, foi reportado que Bar Refaeli tinha casado com um conhecido da família, e pediu o divórcio para evitar ter que se alistar no exército, pois em Israel é obrigatório tanto para mulher quanto para homem, quando completam 18 anos. O fórum de Israel, para a promoção de igualdade de ações da carga, ameaçaram boicotar o desfile de moda se contratassem a modelo, mas os dois chegaram a um acordo. Bar Refaeli concordou em visitar soldados feridos em Israel, e incentivar o alistamento no exército. A modelo depois disse:" Eu não me arrependo de não me alistar ao exército, porque valeu a pena o tempo que tive. Espero que o meu caso tenha influenciado o exército". Em 2009, a modelo israelense Esti Ginzburg, ao falar em apoio de se alistar, criticou Refaeli por ela evitar o serviço militar. Em 2011, Bar Refaeli foi destaque na capa da GQ italiana com tema de guerra.[carece de fontes?]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bar Refaeli



Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) modelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.