Barca d’Alva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barca d'Alva vista a partir da ponte Sarmento Rodrigues.
Estação de caminho-de-ferro em Barca d’Alva, perto da fronteira com a Espanha.

Barca d’Alva é um lugar pertencente à freguesia de Escalhão, concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, situada no Norte do distrito da Guarda, e inserida no Parque Natural do Douro Internacional. Junto à aldeia situa-se a fronteira com Espanha, aqui definida pelo curso dos rios Águeda e Douro.

Património[editar | editar código-fonte]

Em 1887, Barca d'Alva foi palco da conclusão da Linha do Douro, que na Ponte do Águeda atinge o seu 200º e final quilómetro. Com a ligação feita à estação de Boadilla através de La Fregeneda, a Linha do Douro transformou-se numa linha internacional, sendo a ligação mais directa entre o Porto e o resto da Europa.

Estação de Barca d'Alva à noite.

Estação fronteiriça, Barca d'Alva possuia, além dos equipamentos normais de uma estação de grande importância e terminal como cocheiras e placa giratória, os postos aduaneiros, posto da Guarda Fiscal, e um hotel.

Porém, em 1985, o troço Boadilla-Fregeneda-Fronteira do Águeda foi encerrado. Barca d'Alva e o Douro perdiam a sua ligação internacional, e em 1988 era a vez do último comboio apitar em Barca d'Alva, com o encerramento do troço Pocinho-Barca d'Alva. Actualmente, todo o conjunto da estação está abandonado.

Com a elevação do troço espanhol a Património de Interesse Público, e apontamento de verbas para a sua reabertura, o projecto de uma ciclovia entre o Pocinho e Barca d'Alva pelo leito de via da Linha do Douro ficou em xeque. Mais ainda, quando uma coligação de autarquias formalizou a sua vontade em reabrir ao tráfego ferroviário este troço, reatando-se assim passados mais de 20 anos as ligações internacionais de e para o Porto, via Linha do Douro. Nada foi entretanto decidido.

Barca d'Alva é também dotada de cais fluvial, assinalando o limite de navegabilidade do Douro, que começa na sua foz no Porto.

Barca d'Alva é ainda o último local onde é possível atravessar o Douro de e para território português, através da ponte rodoviária Almirante Sarmento Rodrigues.

Agricultura Mediterrânea[editar | editar código-fonte]

Barca d'Alva é uma zona bastante rica no que concerne as actividades agrícolas.

No que respeita a agricultura, as culturas com maior peso são os olivais, vinhas e amendoais. São dos terrenos em redor de Barca d'Alva que saem os melhores azeites do mundo cuja acidez pode rondar os 0,05º, azeitona de conserva, vinho de consumo, vinho do porto, moscatel de Favaios e amêndoas doces para diversos produtos de doçaria.

Existem ainda junto as orlas do Rio Douro alguns laranjais, de onde provêem excelentes laranjas com características organolépticas excepcionais.

A par destas culturas também é desenvolvida a produção de gado, nomeadamente de Ovelha Churra da Terra Quente.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Grandes prémios de motonáutica
  • Festa da flor da amendoeira
  • Festa em louvor ao Santo Cristo
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.