Barganha de Judas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barganha de Judas.
1451-53. Por Fra Angelico.

A Barganha de Judas é um episódio da vida de Jesus que aparece nos três evangelhos sinóticos, em Mateus 26:14-16, Marcos 14:10-11 e Lucas 22:1-6. Ele conta como Judas Iscariotes fez uma barganha com o sumo-sacerdote judeu para trair Jesus[1] .

Narrativa bíblica[editar | editar código-fonte]

O Evangelho de Mateus especifica que Judas recebeu trinta moedas de prata:

«Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, procurou os principais sacerdotes e lhes disse: Que me quereis dar e eu vo-lo entregarei? Eles lhe pesaram trinta moedas de prata. Desde então Judas buscava oportunidade para o entregar.» (Mateus 26:14-16)

O Evangelho de Marcos e o Evangelho de Lucas não mencionam preço. Lucas afirma que Satã entrou em Judas para persuadi-lo à barganha:

«Estava próxima a festa dos pães asmos, chamada páscoa. Os principais sacerdotes e os escribas procuravam algum meio de tirar a vida a Jesus; pois temiam o povo. Ora Satanás entrou em Judas chamado Iscariotes, que era um dos doze; ele foi entender-se com os principais sacerdotes e os oficiais sobre a maneira de lho entregar. Alegraram-se e concordaram em dar-lhe dinheiro. Ele anuiu, e procurava ocasião de lho entregar sem a multidão saber.» (Lucas 22:1-6)

Adiante no Novo Testamento, Jesus é traído com o chamado "beijo de Judas". A "Barganha de Judas" é considerada como um dos sete episódios chave em relação aos eventos da semana da crucificação de Jesus[2] .

Os besantes presentes na Bandeira de Portugal simbolizam as trinta moedas de prata, com que Judas vendeu Jesus.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barganha de Judas

Referências

  1. All the Apostles of the Bible by Herbert Lockyer 1988 ISBN 0310280117 page 106-111
  2. The Synoptic Gospels and the Book of Acts by Doremus Almy Hayes 2009 ISBN 1115877313 page 88