Baron Kriminel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{Sem-fontes|{{subst:DATA}}}}.
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Baron Kriminel é um espírito muito temido ou Lwa na religião vodou haitiano. Ele é concebido como um assassino que foi condenado à morte, e é chamado a pronunciar-se, em julgamentos rápidos.

Quando uma pessoa fica possuída por Baron Kriminel gritam palavrões, cuspem e tentam esfaquear as pessoas ao redor. Se, durante a posse do Barão Kriminel, é apresentada comida que ele não gosta, ele vai morder e cuspir fora pedaços dos braços da pessoa possuída. Ele às vezes pede sacrifícios de frangos pretos para ser afundado em gasolina e incendiados. Os gritos dos frangos ao ser queimado vivo é dito a apelar para a natureza cruel do Barão Kriminel e apaziguá-lo

Baron Kriminel é freqüentemente representado por Saint Martin de Porres. Suas cores incluem preto, púrpura, branco e vermelho sangue escuro.

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Haiti é um esboço relacionado ao Projeto América Central. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.