Barra do Chapéu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Barra do Chapéu

Vista da praça central da cidade
Bandeira desconhecida
Brasão de Barra do Chapéu
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação Roberto Rufino Duarte
Gentílico barrense
Prefeito(a) Eduardo Vicente Valete Fillietaz
(2009–2012)
Localização
Localização de Barra do Chapéu
Localização de Barra do Chapéu em São Paulo
Barra do Chapéu está localizado em: Brasil
Barra do Chapéu
Localização de Barra do Chapéu no Brasil
24° 28' 22" S 49° 01' 30" O24° 28' 22" S 49° 01' 30" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Itapetininga IBGE/2008[1]
Microrregião Capão Bonito IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Itapirapuã Paulista, Apiaí, Bom Sucesso de Itararé, Ribeira
Distância até a capital 100 km
Características geográficas
Área 407,286 km² [2]
População 5 236 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 12,86 hab./km²
Altitude 784 m
Clima subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,646 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 32 146,228 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 049,35 IBGE/2008[5]
Página oficial

Barra do Chapéu é um município brasileiro do estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

Inicialmente um sítio, conhecido como Barra, a origem da cidade data de mil oitocentos e oitenta e três. Na ocasião, o mineiro chamado Benedito Rodrigues de Lima pegou do Império por arrematação, vinte e um alqueires e três quartos de terra. Os mais antigos contam que uma senhora muda e surda, recebeu a visita de uma outra senhora, que lhe pediu que fosse erigida uma igreja ao pé de uma gabirobeira e que dedicasse a Nossa Senhora da Guia. Esta senhora foi então até a Fazenda do Chapéu e, com gestos, pediu ao fazendeiro Roberto Rufino Duarte, auxílio para a construção desta igreja. Foi assim, adquirido do Sr. Benedito Rodrigues de Lima, as terras que foram doadas, e onde hoje está edificada a Igreja da Nossa Senhora da Guia de Barra do Chapéu, padroeira da cidade, cuja comemoração acontece no dia oito de setembro. A cidade foi se constituindo em torno desta igreja. O Município de Barra do Chapéu emancipou-se de Apiaí, no dia quatorze de maio de mil novecentos e noventa e um. A origem de seu nome se deve à localização, pois fica na junção (barra) de dois rios com o Sítio Chapéu, daí Barra do Chapéu.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 24º28'23" sul e a uma longitude 49º01'28" oeste, estando a uma altitude de 784 metros. Sua população estimada em 2004 era de 4.810 habitantes.

Possui uma área de 407,2 km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

População Total: 5.244

  • Urbana: 1.784
  • Rural: 3.398
  • Homens: 2.724
  • Mulheres: 2.536

Densidade demográfica (hab./km²): 13,90

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 42,35

Expectativa de vida (anos): 63,00

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 3,0

Taxa de Alfabetização: 83,72%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,657

  • IDH-M Renda: 0,555
  • IDH-M Longevidade: 0,600
  • IDH-M Educação: 0,784

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Feriados e Festas[editar | editar código-fonte]

Além dos feriados nacionais previstos em lei, a cidade tem feriados próprios: Sexta-feira Santa e Corpus Christi (móveis), 08 de Setembro, dia de Nossa Senhora da Guia e o aniversário da cidade, dia 19 de Maio

A cidade também possui eventos durante todo o ano: a festa do Divino, a festa do Peão, a festa de Nossa Senhora da Guia, a festa da Amora e a tradicional Virada do ano.


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]