Barry Bonds

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barry Bonds
Bonds faz o swing. Foto: Agência Brasil
Posição Campista esquerdo (LF)
Equipes Pittsburgh Pirates (1986–1992)
San Francisco Giants (1993–2007)
Anos na Liga 19 anos
Nascimento 24 de julho de 1964 (50 anos)
Altura 1,88
Peso 104 kg
Batedor Canhoto
Faculdade Arizona State University
Aproveitamento no bastão 29,8%
Home runs 762
Rebatidas 2 935
RBI 1 996
Bases roubadas 514

Barry Lamar Bonds (Riverside, Califórnia, 24 de julho de 1964) é um ex-jogador de beisebol que atuando como profissional na Major League Baseball ded 1984 a 2007 pelo Pittsburgh Pirates e pelo San Francisco Giants, e ficou conhecido pela sua habilidade em bater home runs. Detém o recorde de mais home runs em uma única temporada, com 73 em 2001, e o de mais home runs na carreira, com 762. Contudo, imprensa e torcedores levantam suspeitas sobre esses recordes, devido ao provável uso de esteróides e outras substâncias ilegais por parte de Bonds depois de 1998.[1]

É considerado por muitos um dos maiores rebatedores de todos os tempos. É o único jogador a rebater pelo menos 500 home runs e roubar 500 bases. Bonds foi eleito o MVP da Liga Nacional sete vezes, um recorde absoluto, em 1990, 1992, 1993, 2001, 2002, 2003 e 2004. Ainda ganhou oito Luvas de Ouro, prêmio anual para os melhores jogadores em cada posição defensiva, devido ao seu grande talento como defensor esquerdo.

Seu pai, Bobby Bonds, foi um grande defensor nas décadas de 60 e 70, principalmente pela equipe do Giants, e seu padrinho é o lendário Willie Mays, um dos maiores jogadores de todos os tempos e o maior ídolo de Bonds.

Polêmica com esteróides[editar | editar código-fonte]

Em 1999, Bonds já era considerado um grande jogador e provável membro do Hall da Fama depois de se aposentar, mas, em uma idade em que a produção da grande maioria dos jogadores começa a declinar, a de Bonds começou a acelerar, e nos anos seguintes sua produção ofensiva alcançou níveis extraordinários. Em 2000, aos 36 anos, Bonds rebateu 30,6%, com uma porcentagem de poder de 68,8% (melhor de sua carreira à época), acertou 49 home runs em apenas 143 jogos (também o ápice de sua carreira até aquele ponto) e ainda liderou a liga em andadas, com 117.

No ano seguinte, a produção ofensiva de Bonds alcançou níveis ainda mais altos, quebrando não apenas seus recordes pessoais, como também vários recordes das grandes ligas. No intervalo do Jogo das Estrelas, ele já tinha rebatido 39 home runs (recorde das grandes ligas), andado 177 vezes (também recorde) e alcançado a base em 51,5% das vezes, um feito que ninguém alcançava desde Mickey Mantle e Ted Williams, mais de 40 anos antes. A porcentagem de poder dele naquela temporada alcançou 86,3% (411 bases em 476 tentativas) e, o mais impressionante, ele terminou o ano com 73 home runs, novo recorde das grandes ligas.

Tais números suscitaram poucas suspeitas à época, mas, em 2003, ele foi envolvido em um escândalo quando Greg Anderson, do laboratório BALCO, personal trainer de Bonds desde 2000, foi acusado de fornecer esteróides anabolizantes a atletas, incluindo aí jogadores de beisebol profissionais. As especulações em torno de Bonds começaram a aumentar por causa de sua ligação com Anderson, mas ele se declarou inocente, atribuindo seu corpo maior e muito mais musculoso a um regime estrito de musculação, dieta e a suplementos alimentares permitidos.

Durante testemunho em juízo, em 4 de dezembro, Bonds teria declarado que Anderson deu a ele um bálsamo de esfregar e uma substância líqüida que, de acordo com Anderson, seriam, respectivamente, um creme para artrite e óleo de semente de linho.[2] A promotoria alega que ambos os produtos eram o esteróide tetra-hidrogestrinona.

Em agosto de 2005, os três réus no julgamento dos envolvidos no escândalo BALCO fizeram acordos com a promotoria que não os obrigavam a revelar nomes de atletas que podem ter usado substâncias proibidas.

Em março de 2006, o livro Game of Shadows, escrito por Lance Williams e Mark Fainaru-Wada, foi lançado com estardalhaço por parte da imprensa. O livro diz que Bonds usou estanozolol e uma série de outros esteróides e contém trechos de testemunhos em julgamentos que deveriam ser confidenciais por lei. Por causa do depoimento de Bonds aos tribunais e as acusações contidas no livro, Bonds passou a ser investigado por perjúrio.[3] O processo ainda está correndo.

Líderes em home runs[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano Idade Equipe Liga G AB R H 2B 3B HR RBI SB CS BB SO BA OBP SLG TB SH SF IBB HBP GDP
1986 21 Pit NL 150 413 72 92 26 3 16 48 36 7 65 102 .223 .330 .416 172 2 2 2 2 4
1987 22 PIT NL 150 551 99 144 34 9 25 59 32 10 54 88 .261 .329 .492 271 0 3 3 3 4
1988 23 PIT NL 144 538 97 152 30 5 24 58 17 11 72 82 .283 .368 .491 264 0 2 14 2 3
1989 24 PIT NL 159 580 96 144 34 6 19 58 32 10 93 93 .248 .351 .426 247 1 4 22 1 9
1990 25 PIT NL 151 519 104 156 32 3 33 114 52 13 93 83 .301 .406 .565* 293 0 6 15 3 8
1991 26 PIT NL 153 510 95 149 28 5 25 116 43 13 107 73 .292 .410* .514 262 0 13 25 4 8
1992 27 PIT NL 140 473 109* 147 36 5 34 103 39 8 127* 69 .311 .456* .624* 295 0 7 32* 5 9
1993 28 SFG NL 159 539 129 181 38 4 46* 123* 29 12 126 79 .336 .458* .677* 365* 0 7 43* 2 11
1994 29 SFG NL 112 391 89 122 18 1 37 81 29 9 74* 43 .312 .426 .647 253 0 3 18* 6 3
1995 30 SFG NL 144* 506 109 149 30 7 33 104 31 10 120* 83 .294 .431* .577 292 0 4 22* 5 12
1996 31 SFG NL 158 517 122 159 27 3 42 129 40 7 151* 76 .308 .461 .615 318 0 6 30* 1 11
1997 32 SFG NL 159 532 123 155 26 5 40 101 37 8 145* 87 .291 .446 .585 311 0 5 34* 8 13
1998 33 SFG NL 156 552 120 167 44 7 37 122 28 12 130 92 .303 .438 .609 336 1 6 29* 8 15
1999 34 SFG NL 102 355 91 93 20 2 34 83 15 2 73 62 .262 .389 .617 219 0 3 9 3 6
2000 35 SFG NL 143 480 129 147 28 4 49 106 11 3 117* 77 .306 .440 .688 330 0 7 22 3 6
2001 36 SFG NL 153 476 129 156 32 2 73* 137 13 3 177* 93 .328 .515* .863* 411 0 2 35 9 5
2002 37 SFG NL 143 403 117 149 31 2 46 110 9 2 198* 47 .370* .582* .799* 322 0 2 68* 9 4
2003 38 SFG NL 130 390 111 133 22 1 45 90 7 0 148* 58 .341 .529* .749* 292 0 2 61* 10 7
2004 39 SFG NL 147 373 129 135 27 3 45 101 6 1 232* 41 .362* .609* .812* 303 0 3 120* 9 5
2005 40 SFG NL 14 42 8 12 1 0 5 10 0 0 9 6 .286 .404 .667 28 0 1 3 0 0
2006 41 SFG NL 130 367 74 99 23 0 26 77 3 0 115* 51 .270 .454* .545 200 0 1 38* 10 9
2007 42 SFG NL 44 154 29 33 4 0 19 30 4 0 52 19 .279 .494 .608 193 0 1 18 1 4

Notas

  1. Mark Fainaru-Wada e Lance Williams, Game of Shadows: Barry Bonds, BALCO, and the Steroids Scandal that Rocked Professional Sports, Gotham, 2006
  2. What Bonds told BALCO grand jury
  3. Sources: Grand jury looking at whether Bonds lied about steroid use

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barry Bonds