Bassel Khartabil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bassel Khartabil
em árabe: باسل خرطبيل
Nascimento 22 de Maio de 1981 (33 anos)
Síria
Residência Damasco, Síria
Nacionalidade Sírio
Ocupação Programador
Principais trabalhos Aiki Framework, Open Clip Art Library, Open Font Library, Fabricatorz, Mozilla, Creative Commons

Bassel Khartabil (em árabe: باسل خرطبيل) também conhecido como Bassel Safadi (em árabe: باسل صفدي) é um desenvolvedor de software livre Sírio/Palestino. Desde 15 de março de 2012, data de aniversário de um ano da Guerra Civil Síria, ele está preso pelo governo sírio em Damasco.[1]

Khartabil nasceu e cresceu na Síria, onde ele se especializou em desenvolvimento de softwares livres. Ele é diretor técnico e cofundador da empresa de pesquisa colaborativa Aiki Lab[2] e foi o diretor técnico da Al-Aous,[3] , um instituto de pesquisa e publicação dedicada à arqueologia e artes na Síria. Ele também atuava como líder de projeto do capítulo da Creative Commons na Síria,[4] e colaborava para a Mozilla Firefox, Wikipedia, Open Clip Art Library, Fabricatorz and Sharism.[5]

Entre seus trabalhos mais recentes estão uma reconstrução realística em fotos 3D da antiga cidade síria de Palmira, visualização em tempo real, e desenvolvimento com a Fabricatorz para o framework de desenvolvimento de páginas web Aiki Framework.

Segundo ativistas, em 15 de março de 2012, Khartabil foi detido durante prisões realizadas em um distrito de Damasco chamado Mazzeh. Este dia marcava o aniversário de um ano da Guerra Civil Síria, e aconteceram protestos contra e a favor do governo na capital e em todo o interior do país.[6] Os organizadores da campanha #FREEBASSEL afirmam que ele está agora detido na divisão de segurança de Kfar Sousa, em Damasco. Depois que sua detenção tornou-se largamente conhecida, em julho de 2012, foi lançada uma campanha global para pedir sua libertação imediata.[7] [8]

Em abril de 2012, Bassel Khartabil deveria ter se casado, caso não tivesse sido preso.

Na lista de 2012 de "Top Global Thinkers" (Mais Importantes Pensadores Globais), a revista estadunidense Foreign Policy nomeou Bassel junto com Rima Dali na posição de número 19 por "insistir, contra todas as probabilidades, em uma revolução síria pacífica." [9]

Referências

  1. "#FREEBASSEL: a campaign to free Bassel Khartabil from Syrian jail", 4 July 2012. Página visitada em 5 July 2012.
  2. Aiki Lab
  3. Al-Aous
  4. CC Syria
  5. CAMPAIGN LAUNCHED TO BRING HOME LOVED AND CELEBRATED INTERNET VOLUNTEER DETAINED IN SYRIA FreeBassel.org. Página visitada em 5 July 2012.
  6. "As revolt against Assad enters 2nd year, ‘up to 500,000’ Syrians may flee crackdown", 15 March 2012. Página visitada em 5 July 2012.
  7. "Activists launch #FREEBASSEL campaign to bring about release of Syrian web entrepreneur, well-known in technology communities", 4 July 2012. Página visitada em 5 July 2012.
  8. Galperin, Eva. Open Source Developer Bassel Khartabil Detained in Syria Electronic Frontier Foundation. Página visitada em 5 July 2012.
  9. "The FP Top 100 Global Thinkers: 19 RIMA DALI, BASSEL KHARTABIL", 26 November 2012. Página visitada em 26 November 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bassel Khartabil