Batalha (Piauí)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Batalha
"Terra do Bode"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 15 de dezembro de 1855
Fundação 1938
Gentílico batalhense
Prefeito(a) Amaro Melo (PTB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Batalha
Localização de Batalha no Piauí
Batalha está localizado em: Brasil
Batalha
Localização de Batalha no Brasil
04° 01' 26" S 42° 04' 40" O04° 01' 26" S 42° 04' 40" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Norte Piauiense IBGE/2008 [1]
Microrregião Baixo Parnaíba Piauiense IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Joaquim Pires;
Leste: S.J. do Divino, Piracuruca e Brasileira;
Oeste:Esperantina e Barras;
Sul e Sudeste: Barras e Piripiri.
Distância até a capital 143 km
Características geográficas
Área 1 588,905 km² [2]
População 25 786 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 16,23 hab./km²
Altitude 150 m
Clima Clima tropical megatérmico, muito quente e subúmido com duas estações bem definidas pelo regime sazonal de chuvas. O total de chuvas anual, normalmente é de 1.600mm, em média. Entretanto, a distribuição é bastante irregular, tanto sazonal como temporalmente.
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,553 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 72 437,474 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 737,10 IBGE/2008[5]
Página oficial

Batalha é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 04º01'30" sul e a uma longitude 42º04'30" oeste, estando a uma altitude de 150 metros. Sua população estimada em 2010 era de 25.800 habitantes.

Área[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 1553,8 km².

Localização[editar | editar código-fonte]

Noroeste: Esperantina Norte: Joaquim Pires Nordeste: São José do Divino
Oeste: Barras Reinel compass rose.svg Leste: Piracuruca e Brasileira
Sudoeste: Barras Sul: Barras Sudeste: Piripiri

Fundação[editar | editar código-fonte]

Indícios levam a acreditar que a cidade foi fundada no ano de 1712, após luta travada entre índios e os colonizadores capitaneados pelo Mestre de Campo Bernardo Carvalho. Antes disso, porém, o lugarejo já era habitado por índios e os primeiros fazendeiros da região do Longá. Mas foi a figura de José de Miranda, que consolidou a povoação do lugar, iniciando, em 1794, a construção de uma igreja em honra a São Gonçalo, padroeiro do município, que teve sua Freguezia criada em 1853. Uma das mais importantes personalidades de Batalha foi, sem dúvida, o capitão Amaro José Machado, português que veio para o Brasil, na região de Piracuruca. Casou com uma filha de José de Miranda, Anna Francisca. De sua descendência, Tenente Coronel José Amaro Machado, que foi Presidente da Província do Piauí, em 1872, e o Tenente Antônio Guilherme Machado de Miran da, que foi Deputado e Ministro do Tribunal Especial. Em 15 de dezembro de 1855, Batalha teve sua autonomia administrativa desatrelada de Piracuruca, tendo sido, a Villa, instalada a 8 de agosto de 1858.

História[editar | editar código-fonte]

O Topônimo Batalha, segundo a tradição, teve origem nas lutas travadas entre colonizadores portugueses e indígenas, lutas essas que se prolongaram até o completo desalojamento dos aborígines. Por volta do século XVIII, começaram a ser povoadas as terras por onde se estende o município de Batalha, um dos mais antigos do Estado do Piauí. Em 1794, com o surto de melhoramentos no Povoado, cresceu a população. Iniciou-se, então, a construção da Igreja do Padroeiro, São Gonçalo. A Sede Municipal foi elevada à categoria de Cidade em 1938. Os naturais e os habitantes de Batalha são chamados batalhenses. Distrito criado com a denominação de São Gonçalo de Batalha, pela lei provincial nº 340, de 22-08-1853, subordinado ao município de Piracuruca. Elevado à categoria de vila com a denominação de Batalha, pela resolução provincial nº 396, de 15-12-1855, desmembrado de Piracuruca. Sede na atual vila de Batalha. Ex-São Gonçalo de Batalha. Constituído do distrito sede. Instalado em 07-09-1858. Pela lei estadual nº 197, de 23-06-1899, o município de Batalha passou a denominar-se Campos Sales. Pela lei estadual nº 641, de 13-06-1911, o município de Campos Sales voltou a denominar-se Batalha. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município já denominado Batalha é constituído do distrito sede. Pelo decreto estadual nº 1279, de 26-06-1931, é extinto o município de Batalha, sendo seu território anexado ao município de Barras do Marataoan, como simples distrito. Em divisão administrativa referente ano de 1933, Batalha figura como distrito no município de Barras do Marataoan. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Batalha, pelo decreto estadual nº 1536, de 02-05-1934. Reinstalada em 29-03-1938. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Distância da capital[editar | editar código-fonte]

Batalha se encontra à 143 km da capital do Piauí, Teresina.

Localização[editar | editar código-fonte]

Batalha localiza-se a uma latitude 04º01'30" sul e a uma longitude 42º04'30" oeste, estando a uma altitude de 150 metros.Se situa na Mesorregião do Norte Piauiense. Batalha se localiza a 160 km de Teresina, na mesorregião Norte piauiense e na microrregião do Baixo Parnaíba, no Estado do Piauí. Banhada pelos rios Longá e dos Matos.

Festas tradicionais[editar | editar código-fonte]

· Carnaval (Fevereiro) · Festival Junino (Junho) · Festejos aos Padroeiros:

    - Nossa Senhora de Lourdes (Agosto)
    - São Gonçalo (Dezembro)

· Festa do Bode (Setembro)

Principais pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

. Cachoeira do Urubu · Cachoeira do Xixá · Bela Vista · Brejo · Praça da Matriz · Igreja Matriz de São Gonçalo · Cachoeirinha do Cizudo · Barragem do Riacho Grande · Pedra do Letreiro · Cachoeira do Canta Galo · Cachoeira do Mosquito · Rio dos Matos · Pedra do Letreiro

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.