Batalha de Ancara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Batalha de Ancara foi uma batalha travada nas proximidades de Ancara, em 20 de julho de 1402, envolvendo as tropas otomanas de Bayezid I e os mongóis de Tamerlão, fundador do Segundo Império Mongol.

A batalha foi sangrenta e resultou na derrota das forças otomanas turcas de Bayezid I, pelas forças mongóis, que tiveram porém pesadas baixas. Bayezid foi aprisionado por Tamerlão e posto a desfilar pelas ruas da cidade em uma gaiola de ferro. Tamerlão, contudo foi ferido em combate o que valeu-lhe o apelido de Tamerlão "O Coxo", (Tmur i Leng), pelos seus súbditos. Essa batalha foi importantíssima para desarticular o avanço otomano sobre as áreas do Império Bizantino, seriamente ameaçado pelo progresso de Bayezid I sobre a Ásia Menor e os Balcãs. Salvou também os povos cristãos dos Balcãs, que tiveram seu território invadido e protelou a conquista de Constantinopla, objetivo de Bayezid, por mais quase meio século.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Ancara