Batalha de Antietam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Antietam
Guerra Civil Americana
Battle of Antietam.png
Data 17 de setembro de 1862
Local Sharpsburg, Maryland
Resultado Taticamente inconclusiva. Estrategicamente, vitória dos Estados Unidos
Combatentes
Estados Unidos Estados Unidos Confederate National Flag since Mar 4 1865.svg Estados Confederados da América
Comandantes
George B. McClellan Robert E. Lee
Forças
~87 000 soldados ~45 000 soldados
Baixas
2 108 mortes, 9 549 feridos, 753 desaparecidos ou capturados 1 512 mortes, 7 816 feridos, 1 844 desaparecidos ou capturados

A Batalha de Antietam, também conhecida como Batalha de Sharpsburg na Região Sul dos Estados Unidos, aconteceu em 17 de setembro de 1862, em Sharpsburg, Maryland. Foi a primeira grande batalha que ocorreu em território da União. A Batalha de Antietam caracteriza-se por ser o dia mais sangrento da história americana, onde mais de 23 mil americanos - incluindo aqueles lutando pelos Estados Confederados da América - perderam a vida. A vitória da batalha por parte da União deu ao então presidente dos Estados Unidos, e líder das forças da União, Abraham Lincoln, suficiente confiança para proclamar sua Proclamação de Emancipação, em 1 de janeiro de 1863.[1] [2]

Vista do campo na Batalha de Antietam durante a Guerra Civil Americana. Fotografia de guerra, extraída da Library of Congress' American Memory Collection.

Referências

  1. Armstrong, Marion V. Disaster in the West Woods: General Edwin V. Sumner and the II Corps at Antietam. Sharpsburg, MD: Western Maryland Interpretive Association, 2002.
  2. Bailey, Ronald H., and the Editors of Time-Life Books. The Bloodiest Day: The Battle of Antietam. Alexandria, VA: Time-Life Books, 1984. ISBN 0-8094-4740-1.
Ícone de esboço Este artigo sobre História dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.