Batalha de Aqbat al-Bakr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Batalha de Aqbat al-Bakr é uma das batalhas da Guerra civil no Al-Andalus que eclodiu no Califado de Córdoba com o assassinato de Abderramão Sanchuelo, filho de Almançor, a deposição do califa Hisham II e a ascensão ao poder de Muhammad ibn Hisham ibn Abd al-Yabbar, bisneto de Abderramão III.

Em 2 de Junho 1009, as forças do Califado lideradas por Suleimão II os rebeldes berberes liderados por Muhammad ibn Hiham (Wadih) e auxiliados estes por um contingente catalão do Reino de Castela se encontram na atual Espiel.

Os comandantes da aliança Catalunha e a Andaluzia eram, Ramon Borrell o conde de Barcelona, Ermengol I , Conde de Urgell, e Hugo I conde de Empurias.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. (em espanhol) Luis Suárez Fernández Historia de España Antigua y media [1]