Batalha de Calatañazor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Batalha de Calatañazor foi uma legendária batalha da "Reconquista" que supostamente ocorreu em julho 1002 em Calatañazor entre um exército de invasores sarracenos sob Almançor[1] e uma força de aliados cristãos liderados por Afonso V de Leão, Sancho III de Navarra, e Sancho Garcia de Castela.

Almanzor, que historicamente morreu na noite de 10-11 de agosto, provavelmenre faleceu de feridas recebidas na batalha.[1] Sua historicidade foi demonstrada pela primeira vez por Reinhart Dozy, em 1881.[2] O francês arabista Évariste Lévi-Provençal atribuiu a destruição de San Millán de la Cogolla pelos sarracenos à campanha de Calatañazor.

Referências

  1. a b Gonzalo Martínez Díez (2005). El condado de Castilla, 711–1038: La historia frente a la leyenda (em es) pp. 581-584. books.google.com.br. Página visitada em 1 de abril 2013.
  2. R. Dozy. online "Sur la bataille de Calatañazor"páginas=193-202 (em fr). Recherches sur l'histoire et la littérature de l'Espagne pendant le Moyen Âge''. archive.org.
  • Juan Castellanos Gómez. "La batalla de Calatañazor: mito y realidad". Revista de historia militar, 91(2001), 25–42.