Batalha de Drépano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Drépano
Primeira Guerra Púnica
Drepana.png
Data 249 a.C.
Local Perto das costas de Drépano, Sicília (Itália)
Desfecho Vitória cartaginesa
Combatentes
República Romana Cartago
Comandantes
Públio Cláudio Pulcro Aderbal,
Amílcar
Forças
Perto de 120 navios Perto de 120 navios
Baixas
93 navios capturados ou afundados Nenhuma

A batalha de Drépano (249 a.C.) enfrentou a armada romana e a cartaginesa nas costas da Sicília, frente à cidade de Drépano (Trapani), resultando numa vitória cartaginesa.

O almirante e governador cartaginês de Drépano, Aderbal, ofereceu batalha ao cônsul romano Públio Cláudio, que confiava em assustar o cartaginês dada a envergadura da sua frota de guerra. O cartaginês, chamando os mercenários, ofereceu-lhes a possibilidade de uma rápida vitória se apresentavam batalha aos romanos, ou da incomodidade de um longo assédio.[1] Os mercenários escolheram a primeira opção e embarcaram-se, obtendo Aderbal uma rotunda vitória.

Após a vitória, o Grande Conselho de Cartago encheu de honras a Aderbal.

Referências