Batalha de Dunbar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Dunbar
Primeira Guerra de Independência da Escócia
Data 27 de abril de 1296
Local Dunbar, Escócia
Desfecho Vitória inglesa
Combatentes
Royal Arms of the Kingdom of Scotland.svg Reino da Escócia England COA.svg Reino da Inglaterra
Comandantes
Royal Arms of the Kingdom of Scotland.svg João Balliol England COA.svg John de Warenne
Forças
40 000 combatentes[1] [2] 12 000 combatentes[1] [2]
Baixas
~10 000 mortos ou feridos Desconhecido (presume-se muito poucas)

A Batalha de Dunbar foi uma das primeiras grandes batalhas travadas durante a primeira guerra de independência escocesa. O rei inglês, Eduardo I, havia invadido a Escócia no começo de 1296 para punir o monarca escocês, João Balliol, por ele não ter concordado em apoiar seu país na luta contra a França. O combate terminou como uma decisiva vitória inglesa. O rei da Escócia então renunciou ao trono e se rendeu. A Inglaterra prosseguiu avançando em território escocês, esmagando qualquer resistência. Somente quase um ano e meio mais tarde, em Stirling, os ingleses conheceriam sua primeira grande derrota na guerra, pelas mãos de William Wallace.[3]

Referências

  1. a b Midgley Web - Edward I
  2. a b Spencer C. Tucker (2009). A Global Chronology of Conflict: From the Ancient World to the Modern Middle East. Santa Bárbara: ABC-CLIO, pp. 292. ISBN 978-1-85109-672-5.
  3. Inventory battlefields. Historic Scotland. Página visitada em 2 de novembro de 2013.