Batalha de Lutter am Barenberge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Representação da batalha

A Batalha de Lutter am Barenberge foi travada em 27 de agosto de 1626, no curso da Guerra dos Trinta Anos, durante a fase de intervenção da Dinamarca no conflito. Nela, o marechal católico João T'Serklaes von Tilly, à frente de 26.000 homens,[1] derrotou os 15.000 soldados do rei Cristiano IV da Dinamarca, causando 6.000 baixas e capturando 2.500 homens.

Esta derrota teve um efeito irreparável sobre a Dinamarca, forçando Cristiano IV e muitos príncipes protestantes a buscar um acordo com o imperador Fernando II.

Notas

  1. destes, cerca de 8.000 haviam sido enviados por Wallenstein, que derrotara em abril outro exército protestante em Dessau. Eggenberger, p.249.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • EGGENBERGER, David. An Encyclopedia of Battles, New York: Dover Publications, 1985.

Predefinição:Esboço militar