Batalha de Marignano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Batalha de Marignano
Guerra da Liga de Cambrai
Marignano.jpg
Detalhe da pintura atribuída a Maître de la Ratière.
Data 13 e 14 de setembro de 1515
Local Perto de Melegnano, sudoeste de Milão, Itália
Desfecho Vitória decisiva dos franceses
Combatentes
França,
República de Veneza
Ducado de Milão,
Antiga Confederação Helvética
Comandantes
Francisco I de França,
Gian Giacomo Trivulzio,
Bartolomeo d'Alviano, Louis de la Trémoille
Massimiliano Sforza
Forças
30 000 N/D
Baixas
N/D N/D

A Batalha de Marignano fez parte das Guerras Italianas (14941559) e teve lugar a 13 e 14 de setembro de 1515 a 16 quilômetros a sudeste de Milão, num lugar hoje chamado de Melegnano.

O rei Francisco I de França, desejoso de conquistar o Ducado de Milão, comprou a neutralidade de Henrique VIII da Inglaterra, assegurou-se também da neutralidade de Carlos I de Espanha, aliou-se com a República de Veneza e pagou os serviços de cerca de 20 000 mercenários alemães, a juntar aos seus cerca de 13 000 soldados.

A vitória francesa assegurou ao rei, jovem e recentemente coroado, um ganho de prestígio que se concretizou em 1516 na assinatura da "Paz perpétua" com os suíços e da Concordata de Bolonha com o Papa Leão X.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Marignano