Batalha de Saalfeld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Saalfeld
Guerras Napoleónicas
Heldentod der Prinzen Louis Ferdinand bei Saalfeld.jpg
A morte de Luiz Fernando da Prússia. Por Richard Knötel
Data 10 de Outubro de 1806
Local Saalfeld, Alemanha
Desfecho Vitória francesa
Combatentes
França Primeiro Império Francês Prusse Prússia
Flag of Electoral Saxony.svg Saxônia
Comandantes
Jean Lannes
Claude Victor-Perrin
Louis Gabriel Suchet
Prince Louis Ferdinand of Prussia  
Forças
12 000
14 Artilharias
8 300
44 Artilharias
Baixas
172 mortos ou feridos 900 mortos ou feridos
1 800 capturados
28 Artilharias pilhados

A Batalha de Saalfeld foi uma pequena mas importante batalha travada em 10 de outubro de 1806 entre as tropas do Marechal Jean Lannes e a vanguarda do exército do General Hohenlohe, comandada pelo principe Luiz Fernando da Prússia, perto da cidade alemã Saalfeld, hoje Saalfeld/Saale.

Contexto[editar | editar código-fonte]

Após as derrotas impostas pela França aos outros coligados, impulsionada pela aristocracia e pela rainha, a Prússia decide declarar guerra ao Império francês. As forças são iguais, mas o exército francês esta muito melhor treinado e bem equipado.

Início[editar | editar código-fonte]

O grande exército atravessou os campos de Frankenwald, com o objetivo de chegar ao "teatro de batalha" em três colunas, da seguinte forma:

  • A coluna da direita(50 000 homens), formada pelos Corpos dos Marechais Soult e Ney, seguidos pelos bávaros.
  • A coluna do centro (70 000 homens), era composta pelos corpos de Bernadotte( que forma o grupo de frente, com a cavalaria ligeira de Lasalle e Milhaud), além do corpo Davout. Eles são seguidos pela reserva da cavalaria de la Garde.
  • A coluna da esquerda era composta pelos corpos de Lannes e d’Augereau.

Eles marchavam para Berlim pela margem direita do Saale, a passagem foi feita entre 8 e 10 de outubro

A batalha[editar | editar código-fonte]

Na vespera da Batalha de Schleiz as tropas do General Lannes, que formavam a cabeça da coluna francesa da esquerda, encontrou o grupo de retaguarda do príncipe Louis Ferdinand de Prusse, com 8 300 homens e 27 canhões.

Durante esse tempo, Lannes fazia o comando da coluna da esquerda, com 42 000 homens, passando o 8 de outubro em Cobourg, o 9 em Gräfensthal e chegou no dia 10 em Saalbourg.

Não tendo informações sobre a força francesa, o príncipe Louis decidiu atacá-los. Às nove horas da manhã, ele conduz suas tropas até Wöhlsdorf, a 2 km de Saalfeld, na margem esquerda do Rio Saale.

Eles formram sua infantaria em duas linhas, precedidas pela cavalaria de Schimmelpfenning e dua artilharia.

Os hussards saxãos ficaram na reserva.

Um destacamento foi lançado sobre a outra margem do Rio. Às 10h30min ele conduz suas tropas sobre a cidade de Saalfeld, o General Lannes a contorna pela esquerda e ameaça o flanco direito do inimigo depois lança a divisão Suchet, comandando o ataque.

A cavalaria ligeira de Trelliard (9º e 10º hussards e 21º chesseurs), precionando o flanco esquerdo da divisão prussiana que se colocou em Saalfeld.

Um batalhão de elite da bateria Simonnet, marvhando pela direita chegou em Saalfeld.

O resto do batalhão Suchet poe se colocar atrás da "cortina" produzida pelo 17º regimento. Às 11h30min as linhas prussianas se deslocam para poderem se apoiar próximas ao rio.Tentando impedir o afogamento de suas tropa, o príncipe tenta opor um batalhão, comandado pelo General Clemens e apoiado por uma bateria de artilharia.

Tentando se reerguer, o príncipe lança um ataque de 6 batalhões sobre as linhas francesas. Esse ataque causa um incendio nas linhas francesas, apoiadas pelo 34º. Às 14h30min Lannes lança toda a divisão Suchet, para um ataque decisivo, os prussos são completamente repelidos.

O príncipe Louis coloca-se na frente de sua cavalaria para encorajá-los. Infelizmente para ele, confrontou o sabre do Marechal Guindet 10 º regimento de hussards e morreu nesta batalha.

Balanço[editar | editar código-fonte]

Depois dessa batalha, as tropas da Prússia retonaram, o que possibilitou as grandes batalhas de 14 de outubro.

Forças presentes[1] [editar | editar código-fonte]

França Forças francesas

  • 12 800 homens
  • 8 canhões
  • 2 obuseiros
  • 5º Corpo da "La grande Armée"-Sob o comando do Marechal Lannes
    • 1ª divisão do General Suchet
    • Chefe de estado maior: General Victor
      • 1ª brigada do general Michel Claparède
        • 17ª regimento de infantaria ligeira: Coronel Cabanne de Puymisson (2170 homens)
      • 2ª brigada: General Honoré Reille
        • 34º regimento de infantaria ligeira: Colonel Duloustier (2697 homens)
        • 40º regimento de infantaria ligeira: Colonel Chassereaux (1818 homens)
      • 3ª brigada: General Dominique Vedel
        • 64º regimento de infantaria lieira: Colonel Chauvel (1895 homens)
        • 88º regimento de infantari ligeira: Colonel Veilande (2043 homens)
      • Divisão de cavalaria ligeira: General Anne-François Trelliard
        • 9º regimento de hussards: Colonel Barbanègre (497 cavaleiros)
        • 10º regimento de hussards: Colonel Briche (470 cavaleiros)
        • 21º regimento de Chasseurs a cavalo: Colonel Berruyer (578 homens)
      • Artilharia
        • 2 bateria de artilharia a pé (2 canhões de 12 a 6 libras)
        • 1 bateria de artilharia a cavalo (2 obuseiros e 2 canhões de 4 libras)

Prusse Forças Prussianas e Flag of Electoral Saxony.svg Saxônias

  • 8 300 homens
  • 27 canhões
  • Divisão de retaguarda: Principe (Tenente-General) Louis-Ferdinand da Prussia
    • Grupo do Major-General Von Pelet
      • 13º batalhão d fuzileiros Rabenau
      • 14º batalhão d fuzileiros Pelet
      • 15º batalhão de fuzileiros Rühle
      • 49º regimento de infantaria prussiana Von Müffling
      • Companhia de Chasseurs a pé Valentin
      • Companhia de Chasseurs a pé Masar
      • 6º regimento de Hussards Schimmelpfenning
      • 1 bateria de artilharia a pé (canhões de 6 libras)
      • 1/2 bateria de artilharia a cavalo (canhões de 4 libras)
    • Destacamento saxão do Major-General Von Bevilaqua
      • Regimento de infantaria saxão prince Xavier
      • Regimento de infantaria saxão Kurfüst
      • Regimento de infantaria saxão prince Clément (ou Clémens)
      • 5 esquadrões de hussards saxãos
      • 1 bateria de artilharia a pé (canhões de 4 libras)

Referências

  1. Order of battle, acessado em 9 de agosto de 2009