Batalha dos Sete Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha dos Sete Dias
Parte da Guerra de Secessão
[[Imagem:McClellan+Lee.jpg|300px]]
McClellan e Lee generais dos Sete Dias
Data 25 de junho - 1 de julho de 1862
Local Condado de Hanover, Virgínia and Condado de Henrico, Virginia
Resultado Vitória confederada
Combatentes
US flag 34 stars.svg Estados Unidos (União) CSA FLAG 28.11.1861-1.5.1863.svg Confederação
Comandantes
George B. McClellan Robert E. Lee
Forças
104,100[1] 92,000[2]
Baixas
15,855
(1,734 killed
 8,066 wounded
 6,055 missing/captured)[3]
20,204
(3,494 killed
 15,758 wounded
 952 missing/captured)[4]

As batalhas dos sete dias foram uma série de seis grandes batalhas durante os sete dias de 25 de junho - 1 julho de 1862, travadas próximas de Richmond, Virginia, durante a Guerra Civil Americana. O general confederado Robert E. Lee levou os invasores da União, Exército do Potomac, comandada pelo major-general George B. McClellan, para longe de Richmond em uma retirada até a Península da Virgínia. A série de batalhas é por vezes conhecida erroneamente como a Campanha dos Sete Dias, mas foi realmente o ponto culminante da campanha da península, e não uma campanha separada por assim dizer.

Os sete dias começaram na quarta-feira, 25 de junho, 1862, com um ataque da União na batalha menor de Oak Grove, mas McClellan rapidamente perdeu a iniciativa quando Lee começou uma série de ataques em Beaver Dam Creek (Mechanicsville) em 26 de junho, moinho de Gaines em 27 de junho, as ações menores em Garnett e Golding's Farm em 27 e 28 de junho, e do ataque à retaguarda da União em Savage's Station em 29 de junho. O Exército do Potomac de McClellan continuou sua retirada para a segurança da zona de desembarque, no rio James. A última oportunidade de Lee para interceptar o exército da União foi na Batalha de Glendale, em 30 de junho, mas a má execução de suas ordens permitiu que seu inimigo escapasse para uma forte posição defensiva em Malvern Hill. Na Batalha de Malvern Hill em 1 de julho, Lee lançou ataques frontais fúteis e sofreu pesadas baixas frente as fortes defesas da infantaria e artilharia federais.

Os sete dias terminaram com o exército de McClellan em relativa segurança junto ao Rio James, tendo sofrido quase 16.000 baixas durante a retirada. O exército de Lee, que tinha estado na ofensiva durante os sete dias, perdeu mais de 20.000. Como Lee tornou-se convencido de que McClellan não voltaria a ameaçar Richmond, ele se moveu para o norte para a Campanha do Norte da Virgínia e para a Campanha de Maryland.

Referências

  1. Sears, Gates of Richmond, p. 195: "on June 26, Porter's corps had 28,100; south of the Chickahominy River, the other four corps had 76,000." Rafuse, p. 221, cites 101,434 Union present for duty.
  2. Sears, Gates of Richmond, p. 195: "on June 26, Magruder and Huger had 28,900 south of the Chickahominy; Longstreet, A.P. Hill, D.H. Hill, Jackson, and part of Stuart's cavalry brigade, 55,800; Holmes in reserve, 7,300." Rafuse, p. 221, cites 112,220 Confederate present for duty after the arrival of Jackson's command.
  3. Sears, Gates of Richmond, p. 345.
  4. Sears, Gates of Richmond, p. 343.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Burton, Brian K. Extraordinary Circumstances: The Seven Days Battles. Bloomington: Indiana University Press, 2001. ISBN 0-253-33963-4.
  • Burton, Brian K. The Peninsula & Seven Days: A Battlefield Guide. Lincoln: University of Nebraska Press, 2007. ISBN 978-0-8032-6246-1.
  • Editors of Time-Life Books. Lee Takes Command: From Seven Days to Second Bull Run. Alexandria, VA: Time-Life Books, 1984. ISBN 0-8094-4804-1.
  • Eicher, David J. The Longest Night: A Military History of the Civil War. New York: Simon & Schuster, 2001. ISBN 0-684-84944-5.
  • Esposito, Vincent J. West Point Atlas of American Wars. New York: Frederick A. Praeger, 1959. OCLC 5890637. The collection of maps (without explanatory text) is available online at the West Point website.
  • Harsh, Joseph L. Confederate Tide Rising: Robert E. Lee and the Making of Southern Strategy, 1861–1862. Kent, OH: Kent State University Press, 1998. ISBN 0-87338-580-2.
  • Kennedy, Frances H., ed. The Civil War Battlefield Guide. 2nd ed. Boston: Houghton Mifflin Co., 1998. ISBN 0-395-74012-6.
  • Miller, William J. The Battles for Richmond, 1862. National Park Service Civil War Series. Fort Washington, PA: U.S. National Park Service and Eastern National, 1996. ISBN 0-915992-93-0.
  • Rafuse, Ethan S. McClellan's War: The Failure of Moderation in the Struggle for the Union. Bloomington: Indiana University Press, 2005. ISBN 0-253-34532-4.
  • Salmon, John S. The Official Virginia Civil War Battlefield Guide. Mechanicsburg, PA: Stackpole Books, 2001. ISBN 0-8117-2868-4.
  • Sears, Stephen W. George B. McClellan: The Young Napoleon. New York: Da Capo Press, 1988. ISBN 0-306-80913-3.
  • Sears, Stephen W. To the Gates of Richmond: The Peninsula Campaign. Ticknor and Fields, 1992. ISBN 0-89919-790-6.