Baudolino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Baudolino
Baudolino
Autor (es) Umberto Eco
Idioma italiano
País  Itália
Género romance
Lançamento 2000
Edição portuguesa
Tradução José Colaço Barreiros
Editora Difel
Lançamento 2002
Páginas 470
ISBN 972-29-0587-2
Edição brasileira
Editora Editora Record
Lançamento 2001
Páginas 462
ISBN 85-01-06026-7

Baudolino é um livro de Umberto Eco publicado em 2000 e é ambientado na Idade Média entre 1152 e 1204.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Uma história de um homem que se intitula "o maior mentiroso do mundo inteiro" contando seus feitos ao historiador Nicetas Coniates, feitos de íntima relação com mitos e acontecimentos históricos, entre guerras e uma viagem ao oriente, de um mundo jamais imaginado. Narra a aventura picaresca de um jovem adotado por Frederico I, o Barba Ruiva, em uma saga que vai desde a coroação deste imperador à invasão de Constantinopla pelas cruzadas - operação financiada pelos venezianos que permitiria a o controle do Mediterrâneo. Com isso, Umberto Eco nos leva para uma época de geografia não explorada em que terras e mares misteriosos pautavm projetos de aumento territorial, religioso e comercial, desatando ambições de governos, negociantes, intelectuais e aventureiros, como Baudolino e seus amigos.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.