Bayán Árabe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Bayán Árabe é um livro escrito pelo Báb por volta de 1848. O livro contém onze Vahids. Cada Vahid serve como um capítulo e contém dezenove Abwab. O trabalho foi composto enquanto o Báb estava aprisionado em Maku, Irã. Tradução completa e não-oficial somente em francês; em português somente pequenos trechos no livro: Seleção dos Escritos do Báb, Editora Bahá'í do Brasil, 1978.


Ícone de esboço Este artigo sobre Fé Bahá'í é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.