Be-Bop-A-Lula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Be-Bop-A-Lula"
Single de Gene Vincent
Lançamento 1956
Gravação 1956
Composição Donald Graves or Bill "Sheriff Tex" Davis
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Be-Bop-A-Lula é um canção de rock, gravada pela primeira vez em 1956, por Gene Vincent e os Blue Caps.

A música já foi interpretada por vários artistas como Elvis Presley, Eric Burdon, Jerry Lee Lewis, The Beatles, Suicide, David Cassidy, The Everly Brothers, Foghat, John Lennon, Paul McCartney, Gene Summers, Carl Perkins, Raul Seixas, Demented Are Go, Stray Cats, Queen.

História[editar | editar código-fonte]

A Composição desta canção é creditada à Gene Vincent e seu empresário, Bill “Sheriff Tex” Davis. A uma evidencia que essa canção começou a ser composta em 1955, quando Vincent estava se recuperando de um acidente de moto no Hospital da Marinha dos Estados Unidos em Norfolk, Virginia. Lá, ele conheceu Donald Graves, quem supostamente escreveu a letra, enquanto Vincent escrevia a melodia. A música chamou a atenção de Davis, que teria comprado os direitos autorais da canção por 50 dólares (fontes variam quanto à quantidade exata), e tenha tido creditado si mesmo como o compositor. Davis afirmou que compos a canção com Gene Vincent depois de ouvir a canção “Don’t Bring Lulu”, e o próprio Vincent as vezes afirmado que ele compôs a letra inspirado em uma História em Quadrinhos, “Little Lulu (Luluzinha no Brasil)”. Esta na #102 posição da lista das 500 melhores canções de todos os tempos, da revista Rolling Stone.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.