Beatriz Ramos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Beatriz Paranhos Pederneiras Ramos (9 de outubro de 18981 de junho de 1991) foi a primeira-dama do Brasil durante a presidência de seu marido, Nereu Ramos, entre 11 de novembro de 1955 e 31 de janeiro de 1956.

Beatriz e seu marido tiveram quatro filhos: Olga Ramos de Paula, Nereu Ramos Filho, Murilo Pederneiras Ramos e Rubens Pederneiras Ramos.[1]

Ficou viúva em 1958, quando Nereu Ramos faleceu em um acidente aéreo.

Beatriz Ramos deixou ao Museu da República, localizado no Palácio do Catete, um pequeno livro de orações que se encaixa em um ovo de madrepérola, datado de 1700.[2]

O Hospital Beatriz Ramos, em Indaial, recebeu o nome da ex-primeira-dama.[3]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ramos Filho, Celso: Coxilha Rica. Genealogia da Família Ramos. Florianópolis : Insular, 2002.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedida por:
Graciema da Luz
Primeira-dama do Brasil
1955 — 1956
Sucedida por:
Sarah Kubitschek
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.