Beatriz de Iorque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Beatriz
Princesa do Reino Unido
Beatriz em 2012
Nome completo
Beatriz Isabel Maria
Casa Windsor
Pai André, Duque de Iorque
Mãe Sara Ferguson
Nascimento 8 de agosto de 1988 (26 anos)
Hospital de Portland, Londres, Reino Unido
Religião Anglicanismo

Beatriz de Iorque (Londres, 8 de agosto de 1988) é a filha mais velha do príncipe André, Duque de Iorque, e Sara Ferguson. Ela é a sexta na linha de sucessão ao trono britânico e a primeira mulher.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Sua Alteza Real a princesa Beatriz de Iorque nasceu no Hospital de Portland, em Londres, no dia 8 de agosto de 1988, pesando 3,06 kg. Seus pais são Sua Alteza Real o príncipe André, Duque de Iorque e Sara, Duquesa de Iorque, filha do major Ronald Ferguson e de Susan Barrantes (nascida Wright).

Beatriz foi nomeada a partir da última filha de Sua Majestade a rainha Vitória, a princesa Beatriz do Reino Unido (1857-1944). A princesa tem uma irmã caçula, a princesa Eugénia, nascida em 1990.

Foi batizada no dia 20 de dezembro de 1988 na capela real do Palácio de St. James. Seus padrinhos foram David Armstrong-Jones, Visconde Linley, Peter Palumbo, lady Jane Dawnay, a falecida Carolyn Cotterell e Gabrielle Greenall.

Como neta de um soberano e filha de um príncipe britânico, Beatriz é uma "Princesa do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte", com o prefixo "Sua Alteza Real". Por isso, é estilizada "Sua Alteza Real a princesa Beatriz de Iorque". Ela e sua irmã são as únicas com um título real. Sua prima Zara Phillips não tem títulos reais nem nobiliários, e lady Louise Windsor, filha do príncipe Eduardo, Conde de Wessex, é legalmente uma princesa, embora não seja titulada como tal.

Educação e carreira[editar | editar código-fonte]

A princesa Beatriz foi primeiramente matriculada em Upton House School, em Windsor, em 1991. Em 1995, juntamente com sua irmã, foi para Coworth Park School. Sua educação de ensino secundário começou em St. George's School, em Ascot, uma escola somente para garotas, onde ainda estuda. Por um tempo foi sugerido que elas estudassem em Aiglon College, na Suíça, mas estes planos mudaram quando tal escola envolveu-se numa controvérsia pública. Em 2005, foi revelado que a princesa tinha sido diagnosticada como dislexia quando era mais jovem. Consequentemente, ela tardou em fazer seus exames de GCSE por um ano. Seus resultados foram bons: obteve notas A* em História e Drama, notas A em Francês e Artes e notas B em Literatura inglesa, Inglês, Matemática e Double Award Science (um estudo combinado de Biologia, Química, Física que resulta em dois GCSE). No final de 2006, a Princesa Beatriz foi eleita garota chefe em St. George.

Família real britânica
Casa de Windsor
Badge of the House of Windsor.svg

A Rainha
Filipe, Duque de Edimburgo


A princesa Beatriz tem crescido livre de qualquer intrusão da imprensa, apesar da cobertura constantemente dada a seus pais. A mídia parece estar interessada somente nos garotos que ela aparentemente namora. Uma relação causou alvoroço quando ela parou de ver Paolo Liuzzo, depois que foi revelado que ele estaria envolvido na morte de um estudante americano.

Numa entrevista feita para marcar seu aniversário de dezoito anos em 2006, Beatriz disse que quer usar sua posição para ajudar outros carregando alguns deveres, como trabalho de caridade. Ela já ajudou sua mãe em várias caridades que a duquesa apóia. Em 2002, a princesa visitou crianças com HIV na Rússia. No Reino Unido, demonstra interesse em ajudar instituições que lidam com adolescentes com câncer.

Não se sabe quais são os planos de Beatriz quando esta terminar a escola. Há rumores de que seguirá em frente com os estudos da universidade. No final de 2005, foi dito que ela pretendia aprofundar seus estudos nos Estados Unidos; de preferência numa instituição da Ivy League.

Em 2009, a princesa atuou como dama de companhia no filme de ficção histórica sobre a rainha Vitória I.[1] Beatriz se interessou no filme, tornando-se o primeiro membro da família real a aparecer em um filme não documentário quando ela apareceu em um pequeno papel em “The Young Victoria”, em torno da subida ao trono e coroação da rainha Vitória I. Beatriz tem um papel pequeno, não falando, ela aparece em uma série de cenas como uma dama de companhia da rainha.[2]

Vida em família[editar | editar código-fonte]

Seus pais, SAR O Duque de Iorque e Sarah, Duquesa de Iorque, se divorciaram em 1996, quando Beatriz tinha apenas oito anos. Eles compartilham juntos a custódia das duas filhas. Quando não está na escola, a princesa passa o tempo com sua família. Ela atende muitos eventos da família real e, assim como a irmã, regularmente viaja a bordo com um dos pais ou com os ambos.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasão de armas da princesa Beatriz de Iorque.
  • 1988 - presente: Sua Alteza Real a princesa Beatriz de Iorque.

A princesa Beatriz, é a primeira "Princesa de Iorque" desde a sua avó, a rainha Isabel II, e de sua tia-avó a princesa Margarida.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
André, Duque de Iorque
Linha de sucessão ao trono britânico
6.º
Sucedido por
Eugénia de Iorque


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outras mídias sobre Beatriz de Iorque