Beatriz de Portugal, Duquesa de Saboia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Realeza Portuguesa
Casa de Avis
Descendência
Ordem Avis.svg

Beatriz (Lisboa, 31 de Dezembro de 1504 - Nice, 8 de Janeiro de 1538), Infanta de Portugal e Duquesa de Saboia, foi a terceira filha do segundo casamento do rei D. Manuel I de Portugal com D. Maria, Infanta de Aragão.

Casou em Villefranche-sur-Mer em 29 de Setembro de 1521 com o duque de Saboia Carlos III, sendo mãe de 9 crianças, das quais apenas uma, Emanuel Felisberto, atingiu a idade adulta.

Em 3 de abril de 1531 recebeu do seu primo e cunhado, o imperador Carlos V, o condado de Asti que, na sua morte, é herdado pelo filho e integrado no património da Casa de Saboia.

Durante a crise sucessória de 1580, Manuel Felisberto apresentou-se como candidato ao trono de Portugal, na sua qualidade de filho da infanta D. Beatriz. Contudo, a sua candidatura vê-se rapidamente ultrapassada pela do seu primo, o rei Filipe II de Espanha, dado que a mãe deste (a infanta D. Isabel) ser mais velha que a irmã (a infanta D. Beatriz) tendo, por isso, precedência dinástica.


Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.