Beechcraft Bonanza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Setembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário. (desde Outubro de 2014)
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{spam}}, regra n° 6 da eliminação rápida.

Bonanza
New Zealand PW-51.svg
Beechcraft Bonanza - Aeronave robusta e econômica, com manutenção simples e barata
Descrição
Tipo Avião executivo
Fabricante Beechcraft
País de Origem  Estados Unidos
Primeiro voo 22 de dezembro de 1945 (68 anos)
Introdução 1947
Produção 1947-presente
>17000 unidades produzidas
Tripulação/Equipa 1
Capacidade de
passageiros
5 passageiros
Custo unitário US$ 700.000,00 (2006)
Dimensões
Comprimento 8,38 metros
Envergadura 10,21 metros
Altura 2,62 metros
Pesos
Peso vazio (Tara) 1142 kg
Peso bruto
(carregado)
1656 kg
Propulsão
Motorização 1 motor a pistão Continental IO-550-B
Potência 300 hp (224 kW)
Performance
Velocidade de
cruzeiro
0,266 Ma (326 km/h)
Razão de subida 6,2 m/s
Altitude máxima 5600 metros
Alcance (MTOW) Aprox. 1.200 km
Notas
Dados da Wikipédia anglófona - Bonanza G36 (2011)


O Beechcraft Bonanza A-36 é uma aeronave monomotor executiva a pistão de pequeno porte, com capacidade para transportar com razoável conforto um piloto e cinco passageiros em viagens domésticas, lançada na década de 1970 e fabricada nos Estados Unidos pela então Beech Aircraft Company, atualmente Beechcraft Corporation, de propriedade da holding americana Textron Company.[1] [2]

Anteriormente, a versão alongada do modelo Bonanza era vendida como A-36 pela Beech Aircraft Company, que utilizou como base o projeto de grande sucesso de monomotor a pistão denominado Bonanza 35, aeronave menor e mais leve, e na década de 2000 a versão alongada A-36 foi modernizada e renomeada para Beechcraft Bonanza G-36 pela fabricante Hawker Beechcraft Corporation, que passou a disponibilizar o modelo G-36 com o moderno sistema de navegação EFIS (Electronic Flight Instrument System), composto pelas telas PFD (primária) e MFD (multifuncional).[3] [4] [5]

O Beechcraft Bonanza é uma das mais conhecidas aeronaves civis da história da aviação, é um dos mais respeitados projetos de monomotores a pistão para uso executivo, com manutenção simples e fácil de pilotar.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O pequeno e elegante Bonanza 35 nasceu em 1947 , tendo como principal entusiasta o próprio Walter Beech, na época o proprietário da marca. O derivado alongado e melhorado do Bonanza 35, chamado Bonanza 36, ainda continua a ser produzido em Wichita no Kansas, nos Estados Unidos, mas agora sob a nova denominação Bonanza G-36, como avião executivo, ou avião de turismo e passeio.

Na verdade, a forma geral da aeronave pouco evoluiu, mesmo que a graciosa empenagem em V (borboleta) tenha sido substituída com êxito por empenagem convencional. Além disso, aumentou-se a potência, para atingir os 285 hp ou 300 hp, e a capacidade passou para seis lugares, incluindo o piloto.

O sistema elétrico de 24 volts foi implantado nos modelos Bonanza a partir da década de 1980, viabilizando a instalação de quantidade maior de aviônicos de navegação, em relação aos modelos anteriores.

Com mais de 17 mil exemplares construídos, considerando todas as versões do Beech Bonanza, é um dos monomotores com trem de pouso retrátil de produção mais elevada em toda a história da aviação. A robustez dessa aeronave continua a ser lendária, assim como a facilidade de pilotagem e o bom acabamento.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Apesar de não possuir uma cabine tão larga como o concorrente Piper Saratoga (que chegou a ser montado no Brasil pela Embraer / Neiva, com o nome Sertanejo), pode transportar com razoável conforto os passageiros em vôos de curta e média distâncias.

Pela robustez e resistência características do projeto e pela capacidade de pousar e decolar em pistas de pouso sem pavimentação, foi escolhido por muitos agropecuaristas brasileiros como o meio de transporte para visitas às suas fazendas e também por muitos empresários e executivos para visitas às filiais de empresas, fornecedores e revendedores.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

De 6 a 8 de Maio de 1949, para dar a conhecer a aeronave, um Bonanza baptizado de Waikiki Beach, o quarto avião da série, ligou Honolulu a Teterboro, em Nova Jérsei, depois de um vôo de 36 horas, com cerca de 8 000 quilómetros percorridos.

É também conhecido como Doctor's Killer devido ao fato de muitos doutores americanos ligados à aviação o utilizarem sem a necessária experiência.

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Nuvola apps important square.svg
As informações aqui contidas têm caráter meramente informativo e não devem ser utilizadas para vôo real em hipótese alguma.
Consulte os manuais da aeronave.


Bonanza A-36 / G-36

  • Pista de pouso: Aprox. 1.000 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Capacidade: 1 piloto e 5 passageiros;
  • Motorização (potência): Continental IO 550 aspirado (300 hp);
  • Motorização (potência): Continental IO 520 aspirado (285 hp);
  • Teto de serviço: 5.000 metros;
  • Velocidade de Cruzeiro: Aprox. 300 km/h;
  • Consumo médio (AVGAS): Aprox. 65 litros / hora (lotado / 75% potência);
  • Consumo médio (AVGAS): Aprox. 0,05 litro / passageiro / km voado;
  • Alcance: Aprox. 1.200 quilômetros (lotado / 75% potência / com reservas);
  • Comprimento: Aprox. 8,4 metros;
  • Peso máximo decolagem: Aprox. 1.656 kg;
  • Preço (A-36): Aprox. US$ 310 mil (usado / bom estado de conservação);

Referências

  1. Bonanza G-36 Beechcraft. Página visitada em 30 de setembro de 2014.
  2. Bonanza G-36 Líder Aviação. Página visitada em 30 de setembro de 2014.
  3. 4.000 G-36´s entregues (em inglês) Flying Magazine. Página visitada em 30 de setembro de 2014.
  4. Beechcraft entrega 4.000 G-36 Aero Magazine. Página visitada em 30 de setembro de 2014.
  5. Beechcraft entrega Bonanza nº 4.000 Revista Flap Internacional. Página visitada em 30 de setembro de 2014.

Principais concorrentes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]