Belém (Galileia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Belém da Galileia (em hebraico: בית לחם הגלילית) é um moshav na região norte de Israel, no município de Emeq Izreel ("Vale de Jezreel"). Até a fundação do Estado de Israel, Belém da Galileia era uma colônia de templers alemães, cujos edifícios ainda são conservados. Hoje vivem no moshav 170 famílias.

Na Antiguidade, em tempos bíblicos, a cidade já existia, como é mencionado no Livro de Josué (19:15). De acordo com documentos históricos, em Belém existia um vilarejo judaico até a destruição do Templo de Herodes (também conhecido como o Segundo Templo). Na Idade Média o lugar foi colonizado por cristãos, porém foi abandonado depois de algum tempo.

Alguns arqueólogos como Avraham Oshri, de Israel, têm a opinião que Jesus Cristo teria nascido em Belém da Galileia, e não em Belém da Judéia.

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Israel é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Belém (Galileia)