Benedetto Zaccaria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:

Benedetto Zaccaria (c. 1235-1307) foi um almirante italiano da República de Génova. Ele era o Senhor de Phocaea (em 1288) e o primeiro Senhor de Chios (a partir de 1304), foi o fundador das fortunas de família em Constantinopla e na Grécia Latina. Ele foi, em diferentes estágios de sua vida, um diplomata, aventureiro, mercenário, e estadista.

Benedetto era o segundo filho de Fulcone Zaccaria de uma de suas esposas: Giulietta ou Beatrice. Benedetto ajudou seus irmãos Manuele e Nicolino, seu primo Tedisio, e seu filho Paleólogo em seus empreendimentos comerciais.

Sendo ja um comerciante bem sucedido, Benedetto apareceu pela primeira vez como um embaixador genovês ao tribunal Bizantino em 1264. Isto foi em resposta a aliança de Michael VIII com a República de Veneza.[1] Depois de onze anos de negociações que resultaram em um acordo de renovação entre o Império e Genova, Benedetto apareceu em Constantinopla com seu irmão Manuele em 1275, em convite imperial. Foi então que ele foi nomeado administrador das minas de Phocaea. Lá ele iniciou uma plantação, e comerciava com diversas cidades mediterrânicas e asiáticas, acumulando uma riqueza considerável. Em 1282, ainda ao serviço do imperador, ele atuou como um embaixador na corte de Pedro III de Aragão, aconselhando-o a continuar a guerra com Angevins a Sicília .

Benedetto retornou a Genova em 1284 e foi nomeado almirante. Ele foi o principal comandante da frota genovesa que derrotou Pisa na Batalha de Meloria. Ele comandou uma frota de vinte galeras, separada da principal frota genovesa e inicialmente oculta dos pisanos. Seu ataque surpresa levou a uma vitória decisiva dos genoveses e ao declínio permanente do poder militar e mercantil de Pisa.

Ele participou, juntamente com os castelhanos sob Sancho IV em uma campanha vitoriosa contra o Marrocos. Na volta da mesma época, serviu Filipe IV de França como um almirante, bloqueando os portos ingleses e flamengos.

Em 1302, Zaccaria foi nomeado novamente almirante por Filipe da França, no qual cargo ele conquistou a ilha de Quios (1304), que até então tinha estado nas mãos de corsários muçulmanos. Inicialmente, ele deu o governo da ilha ao seu sobrinho Tedisio. Em 1304, ele também ocupou Samos e Cos, que eram quase que completamente despovoadas, e o Imperador concedeu-lhe soberania sobre as ilhas e Chios por dois anos, sob a suserania bizantina. É a partir desta data que Benedetto é contabilizado Senhor de Chios e começa sua carreira como um estadista e governante. Em seguida, em 1306, ocupou Tasos, um refúgio de piratas gregos.

Zaccaria morreu em 1307 e seu irmão Manuele em 1309. Seu filho Paleólogo sucedeu-o em Chios.

Referências

  1. Miller, 43.
  • Miller, William. "The Zaccaria of Phocaea and Chios (1275-1329)." The Journal of Hellenic Studies, Vol. 31. (1911), 42-55.
  • Setton, Kenneth M. (general editor) A History of the Crusades: Volume III — The Fourteenth and Fifteenth Centuries. Harry W. Hazard, editor. Universidade de Wisconsin Press: Madison, 1975.
  • De la Roncière, Charles, La découverte de l’Afrique au Moyen Age: Cartograhes et explorateurs, in «Mémoires de la Société Royale de Géographie d’Egypte», Cairo, Institute Francais d’Archeologie Orientale, 1924-1927, em dois volumes.
  • Lopez, Roberto Sabatino, Benedetto Zaccaria, ammiraglio e mercante nella Genova del Duecento, Milano Messina, Principato, 1933.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]