Beneficium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os chefes militares germânicos, habitualmente, recompensavam os esforços de seus soldados após uma conquista. A essa prática dava-se o nome de beneficium. Em troca, o beneficiado passava a dever fidelidade ao seu senhor. Hoje em dia este termo tomou forma conotativa única ou seja benefício é algo proveitoso ou útil, ao contrário da época em que o beneficium era mais uma forma que o senhor tinha de manipular seu servo.

No Império Romano o beneficium era uma oferta de terras ruins ou seja precarias mas, válidas para toda a vida, como recompensa por serviços prestados.

O conceito foi também usado pela Igreja Católica Romana, designado benefício eclesiástico , mas abandonado no Protestantismo (excepto na Igreja de Inglaterra).

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Instituição pela qual os chefes militares carolíngios concediam a seus guerreiros, como recompensa, a posse de terras. Essas terras foram chamadas mais tarde de feudos. Em troca, o beneficiado oferecia fidelidade, seu trabalho e ajuda militar ao senhor.