Benoît Mandelbrot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Benoît Mandelbrot
Matemática
Nacionalidade França Francês
Residência  França,  Estados Unidos
Nascimento 20 de Novembro de 1924
Local Varsóvia
Morte 14 de Outubro de 2010 (85 anos)
Local Cambridge
Atividade
Campo(s) Matemática
Instituições Universidade Yale, IBM
Alma mater École Polytechnique, Instituto de Tecnologia da Califórnia, Universidade de Paris
Tese 1952: Contribution à la théorie mathématique des communications
Orientador(es) Paul Pierre Lévy[1]
Orientado(s) Eugene Fama, Ken Musgrave, Murad Taqqu
Conhecido(a) por Conjunto de Mandelbrot
Prêmio(s) Medalha Franklin (1986), Prémio Harvey (1989), Prêmio Wolf de Física (1993), Prêmio Japão (2003)
Mandelbrot foi o primeiro a usar o computador para construir fractais

Benoît B. Mandelbrot (Varsóvia, 20 de Novembro de 1924Cambridge, 14 de Outubro de 2010)[2] foi um matemático francês de origem judaico-polonesa.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Benoît Mandelbrot


Precedido por
George Claude Pimentel
Medalha Franklin
1986
Sucedido por
Stanley Cohen
Precedido por
Joseph Hooton Taylor
Prêmio Wolf de Física
1993
Sucedido por
Vitaly Ginzburg e Yoichiro Nambu


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.