Bernardo Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Bernardo Teixeira de Carvalho (Rio de Janeiro, 1960) é um escritor e jornalista brasileiro.

Bernardo Carvalho em encontro organizado pelo Instituto de Letras da UERJ em 2010

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi editor do suplemento de ensaios Folhetim, e correspondente da Folha de São Paulo em Paris e Nova Iorque. Seus dois primeiros livros foram editados na França.

Bernardo Carvalho teve o seu livro Mongólia distinguido com o Prêmio APCA da Associação Paulista dos Críticos de Arte, edição 2003, bem como o Prêmio Jabuti de 2004, ambos na categoria romance. Antes, ele recebeu, a meias com Dalton Trevisan (Pico na Veia), o Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira, com o romance Nove Noites.

Bernardo Carvalho no Salão do Livro em Paris em 2010

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 1993 Aberração (coletânea de contos)
  • 1995 Onze (romance)
  • 1996 Os Bêbados e os Sonâmbulos (romance)
  • 1998 Teatro (romance)
  • 1999 As Iniciais (romance)
  • 2000 Medo de Sade (romance)
  • 2002 Nove Noites (romance)
  • 2003 Mongólia (romance)
  • 2007 O Sol se Põe em São Paulo (romance)
  • 2009 O Filho da Mãe (romance)[1]
  • 2013 Reprodução (romance)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bernardo Carvalho