Bernardo Toro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde março de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Bernardo Toro é um filósofo e educador colombiano, um dos mais importantes pensadores da educação e democracia na América Latina.

Estudou Filosofia e, depois, Física e Matemática, em cursos de licenciatura. Fez pós-graduação em Investigação e Tecnologia Educativa.

É decano acadêmico da Faculdade de Educação da Pontifícia Universidade Javeriana, em Bogotá, e autor dos livros A construção do público: cidadania, democracia e participação, Educação, Conhecimento e Mobilização e Fala Mestre: Precisamos de Cidadãos do Mundo.

É presidente da Fundação Social, entidade civil que se propõe a combater a pobreza no país. Foi consultor de reformas educativas em Minas Gerais e no Chile.

Elaborou uma lista onde identifica as sete competências que considera necessárias desenvolver nas crianças e jovens para que eles tenham uma participação mais produtiva no século XXI. São os Códigos da Modernidade:

  1. Domínio da leitura e da escrita;
  2. Capacidade de fazer cálculos e resolver problemas;
  3. Capacidade de analisar, sintetizar e interpretar dados, fatos e situações;
  4. Capacidade de compreender e atuar em seu entorno social;
  5. Receber criticamente os meios de comunicação;
  6. Capacidade de localizar, acessar e usar melhor a informação acumulada;
  7. Capacidade de planejar, trabalhar e decidir em grupo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]