Bernardo de Toledo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Bernardo de Toledo ou Bernardo Sedirac (m. Toledo, em Abril de 1128) foi um monge cluniacense e arcebispo de Toledo.

Fazia parte de uma comunidade beneditina de Cluny e veio para a Espanha provavelmente exigido pelo rei Afonso VI de Leão e Castela (influenciado por sua mulher Constança da Borgonha), que fez seu primeiro abade do importante mosteiro beneditino de Sahagún , Leão, e tomar conta do arcebispado de Toledo.

A sua acção era aprovada pelos papas Gregório VII e do Urbano II.

Em 29 de Agosto de 1089 terá sagrado e dedicada liturgicamente a renovada Sé de Braga, como legado do Papa[1] e Primaz da Espanha. Será pela razão de não querer repartir a primazia que anos mais tarde terá uma contenda com o arcebispo de Braga, Maurício Burdino[2] mais tarde o eleito papa pela facção dos guelfos, apesar de de sido por ele indicado para esse cargo e ter sido seu colaborador[3] .

Ele construiu um palácio que arquiepiscopal, residência dos arcebispos de Toledo, em Alcalá de Henares.

Morreu em Toledo, em Abril de 1128.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.