Berrante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vaqueiro toca o berrante em Barretos (SP)

Berrante, também conhecido como chifre ou corno, é uma corneta feita de chifres de boi ou de outros animais. É uma espécie de buzina usada desde a antiguidade por pastores e atualmente por vaqueiros brasileiros e africanos para chamar o gado no campo ou no transporte por intermédio das comitivas.

É um instrumento muito eficaz na orientação, alarme e comando, e consiste num chifre longo em que a ponta é cortada para se soprar e com um orifício no meio; depende deste furo o equilíbrio, o acerto e a afinação do som.

Segundo Mário de Andrade, o berrante utilizado no Brasil teria surgido por questões econômicas — no seu Dicionário Musical Brasileiro, afirma: “Com a dificuldade monetária e comercial de se adquirir trompas de caça na Europa, o caçador fez o berrante”.

O compositor alemão Richard Wagner, numa ópera da tetralogia O Anel do Nibelungo (Der Ring der Nibelungen), escreveu uma passagem especial para berrante, que é executado fora de cena, convocando ao palco guardas armados.

No entanto, é muito mais provável que a introdução do berrante no Brasil se deva aos escravos africanos, que em África usavam os chifres do olongo (cudo), que por natureza já é curvado em espiral.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um Instrumento musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.