Beth Ditto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Beth Ditto
Beth Ditto Cannes 2010.jpg
Informação geral
Nascimento 19 de Fevereiro de 1981 (33 anos)
Origem Searcy, Arkansas
País  Estados Unidos
Gênero(s) Indie rock
Dance-punk
Queercore
Punk blues
Garage rock
Instrumento(s) Vocais
Afiliação(ões) Gossip

Beth Ditto (Searcy, Arkansas, 19 de Fevereiro de 1981) é uma cantora norte-americana da banda de indie rock, The Gossip.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ditto tornou-se famosa em Novembro de 2006 quando foi selecionada pela revista britânica NME como a pessoa mais fixe no mundo do Rock. Ficando em primeiro na edição anual chamada "Cool List". A revista citou a sua "inconformidade", como a razão para ser a escolhida - Beth é lésbica, uma sincera defensora dos direitos dos homossexuais, pesa 95 kg e estava envolvida numa relação homossexual fixa. O avanço da canção da banda "Standing in the Way of Control", foi escrita por Ditto como uma resposta à decisão do governo americano de negar o direito ao casamento de casais LGBT.[2]

Ditto foi nomeada a "Mulher Mais Sexy do Ano" na NME Awards 2007, onde também cantou Temptation com o ex-vocalista dos Pulp, Jarvis Cocker. Ela também recebeu a crítica depois de uma irrupção recente na qual ela exigiu que a sua fosse a banda de suporte na turnê "soul-sucking" dos Scissor Sisters. Contudo, em 2007 ela apareceu ao lado de Ana Matronic e Jake Shears dos Scissor Sisters na Transmissão de show de música britânica, onde discutiram a turnê em conjunto e quanto todos lhe tinham apreciado. Ela se colocou em 10ª "Women Who Rock Right Now" na Spinner.com [3] .

Recentemente ela recusou-se ir às lojas Topshop alegando o seu descontentamento com a indisponibilidade de roupas no seu tamanho. Ela foi tão longe como a oferta de desenhar roupas para ela dizendo: "Dêm-me trabalho. Quero desenhar. Quero que vocês façam roupa para miúdas e miúdos gordos. Quero que façam tamanhos grandes."

Ditto posou nua para a On Our Backs, uma revista erótica para lésbicas. "Foi um grande momento na minha vida", disse à revista Curve. "Foi a coisa mais radical que fiz. Fiquei menstruada passados 10 minutos de lá chegar. E sangrava abundantemente. Estava a fazê-lo com a minha namorada Tranny, por quem estou apaixonada, e sangrava imenso. Sou uma gorda e um sapatão. A sensação foi óptima!" [4] .

Ditto tem gravado um álbum a solo, produzido por Calvin Johnson, no seu Dub Narcotic Studio. O álbum ainda não foi lançado comercialmente. Ditto também gravou um dueto com Johnson: a faixa "Lightning Rod For Jesus" aparece no álbum solo de Johnson de 2002, What Was Me.

Ditto escreve uma coluna para a consultoria do jornal Britânico The Guardian, que aparece na sua seção 'G2' às Sextas-feiras, intitulado "What Would Beth Ditto Do?".

Beth Ditto lançou um EP homónimo este ano, com 4 faixas inéditas pela "DeConstrution Records". O primeiro single é "I Wrote The Book". Ditto já havia feito parceria com o duo inglês de música eletrônica em "Cruel Intentions". No clipe de I Wrote The Book, Ditto faz homenagem ao clipe Justify My Love de Madonna.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista para a revista NME, ela comentou: "Realmente comi esquilos quando era criança, mas isso só acontece no Arkansas, pode ser estranho mas para eles estranho é comer lulas. Lá, quem come lulas é considerado uma aberração!" No entanto, num perfil da CNN ela diz que não foi ela mas um primo.

Ela não usa desodorisante nem rapa os sovacos. "Parece que é normal os Punks federem", diz ela.[5]

É amiga pessoal de Ana Matronic (da banda Scissor Sisters). Eles apareceram em ambas as entrevistas para a BBC da cobertura do festival Glastonbury, em 24 de Junho de 2007.

Ela é feminista e uma vez comentou: "As mulheres não são gatos, não são animais, são apenas pessoas que tentam atravessar a rua para comprar um sorvete".

Ela é uma grande fã da banda X-Ray Spex. Ao apresentar o Friday Night Project, cantou algumas linhas a partir da Spex "faixa" Oh Bondage, Up Yours ". Além disso, ao discutir o próximo concerto de Led Zeppelin, Beth Ditto disse que ela não podia cuidar menos sobre o assunto e prefere X-Ray Spex a performance.

Ela é denominada por Johnny Blue Eyes.

Apareceu na Friday Night with Jonathan Ross na BBC One, em 28 de Setembro de 2007.

Apareceu na capa da capa de dezembro de 2007/Janeiro de 2008 da revista Bust.

Ela vive actualmente em Portland, Oregon.

Premiações e nomeações[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]