Bevatron

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Bevatron foi um acelerador de partículas — especificamente, um síncrotron de prótons de foco fraco — no Lawrence Berkeley National Laboratory que começou a operar em 1954. O antipróton foi descoberto lá em 1955, resultando no Prêmio Nobel de Física em 1959 para Emilio Segrè e Owen Chamberlain.1 Acelerou prótons em um alvo fixo, e foi nomeado por sua habilidade de impart energias de bilhões de eV. (Bilhões de eV Síncrotron.) Recebeu um novo aluguel em 1971,2 quando se juntou ao acelerador linear SuperHILAC como um injetor para íons pesados.3 A combinação foi conhecida como Bevalac. Pode acelerar qualquer núcleo na tabela periódica à energias relativistas. Foi finalmente descomissionado em 1993. O prédio que abriga o Bevatron ainda está presente mas está marcado para demolição começando em junho de 2008 e terminando em 2011.

Referências

  1. The History of Antimatter
  2. Bevalac Had 40-Year Record of Historic Discoveries  Goldhaber, J. (1992) Berkeley Lab Archive
  3. Stock, Reinhard. (2004). "Relativistic nucleus–nucleus collisions: from the BEVALAC to RHIC". Journal of Physics G: Nuclear and Particle Physics 30: S633–S648. DOI:10.1088/0954-3899/30/8/001. nucl-ex 0405007v1.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]