Big Pun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Big Pun
Informação geral
Nome completo Cristopher Lee Rios
Nascimento 10 de Novembro de 1971
Nova Iorque, EUA
País  Estados Unidos
Data de morte 7 de fevereiro de 2000 (28 anos)
White Plains, Nova Iorque (estado)
Gênero(s) Rap/Hip Hop
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1995-2000
Gravadora(s) Terror Squad
Loud Records
Afiliação(ões) Terror Squad, Jennifer Lopez, Fat Joe
Página oficial [1]

Christopher Lee Rios[1] (10 de Novembro de 1971 – 7 de Fevereiro de 2000), mas conhecido pelo seu nome artístico Big Pun (abreviação de Big Punisher) foi um rapper americano de ascendência porto riquenha que emergiu da cena do rap underground no Bronx no final da década de 1990. Ele primeiro apareceu nos álbuns do The Beatnuts, na faixa "Off the Books" em 1997, e no segundo álbum de Fat Joe Jealous One's Envy em 1995, na faixa "Watch Out", antes de assinar com a Loud Records como artista solo. As letras de Pun eram notáveis pela eficiência técnica, tendo mínimas pausas para respirar, e uso pesado de esquemas de rimas internas e multi silábicas. Big Pun morreu de um ataque cardíaco aos 28 anos, deixando esposa e três filhos para trás.

About.com o elegeu o número 25 na sua lista dos 50 Melhores MC's do Nosso Tempo (1987–2007),[2] enquanto a MTV2 o elegeu o número 11 na sua lista dos "22 Melhores MC's".[3] Em 2012, a revista The Source o elegeu o número 19 na sua lista dos 50 Melhores Letristas de Todos os Tempos, dizendo "Pun incorporou todos os traços de um escritor mestre: melodia, uma levada única, uma voz inesquecível, humor, e letras que fizeram outros MC's voltarem à seus cadernos de composição."[4]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Big Pun cresceu no bairro de South Bronx em New York City e é descendente de porto riquenhos.[5] Segundo seus familiares, seus primeiros anos foram difíceis, incluindo testemunhando o abuso de drogas de sua mãe, a morte de seu pai, e um padrasto muito duro com ele. De acordo com sua avó, Pun se tornaria agressivo e auto destrutivo, socando buracos nas paredes do apartamento da sua família. Rios largou o ensino médio e por algum tempo estava desabrigado ficando em prédios abandonados ou nas casas dos amigos.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns solo[editar | editar código-fonte]

Álbuns póstumos[editar | editar código-fonte]

Terror Squad[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1997 "I'm Not a Player" - 57 US, 19 Hip-Hop/R&B Charts
  • 1998 "Still Not a Player" (featuring Joe) - 24 US, 3 Hip-Hop/R&B Charts
  • 1998 "Twinz (Deep Cover 98)" (featuring Fat Joe)
  • 1998 "You Came Up" (featuring Noreaga) - 49 Hip-Hop/R&B Charts
  • 1999 "Whatcha Gon Do" (Terror Squad)
  • 2000 "100%" (featuring Tony Sunshine) - 85 US
  • 2000 "It's So Hard" (featuring Donell Jones) - 75 US, 19 Hip-Hop/R&B Charts
  • 2001 "How We Roll (Remix)" (featuring Ashanti) - 53 Hip-Hop/R&B Charts

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Big Pun