Bill de Blasio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bill de Blasio
Bill de Blasio em julho de 2013.
109.º Prefeito de Nova York
Mandato 1º de janeiro de 2014
Antecessor(a) Michael Bloomberg
3º Advogado público de Nova York
Mandato 1º de janeiro de 2010
31 de dezembro de 2013
Antecessor(a) Betsy Gotbaum
Sucessor(a) Letitia James
Membro do Conselho da Cidade de Nova York pelo 39º distrito
Mandato 1º de janeiro de 2002
31 de dezembro de 2009
Antecessor(a) Stephen DiBrienza
Sucessor(a) Brad Lander
Vida
Nascimento Warren Wilhelm, Jr.
8 de maio de 1961 (53 anos)
Nova York, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Americano
Casamento dos progenitores Dante
Chiara
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Nova Iorque
Universidade de Colúmbia
Esposa Chirlane McCray (1994-atualmente)
Partido Democrata
Assinatura Assinatura de Bill de Blasio
Website Website governamental
Website de transição

Bill de Blasio, nascido Warren Wilhelm, Jr.,[1] (Nova York, 8 de maio de 1961), é um político norte-americano, atual prefeito de Nova York. De 2010 a 2013, ocupou o cargo de defensor público da cidade de Nova York, atuando como mediador entre o eleitorado e o governo da cidade, sendo o primeiro na linha de sucessão ao prefeito.

Ele anteriormente foi membro do Conselho da Cidade de Nova York, representando o 39º distrito, que se localiza no Brooklyn. Nas eleições municipais em 2013, ele foi escolhido o candidato do Partido Democrata em setembro durante as primárias do partido. Em 5 de novembro de 2013, Blasio venceu a eleição geral com mais de 70% dos votos e se tornou em 1º de janeiro de 2014 o primeiro prefeito democrata da cidade em quase vinte anos.[2]

Início de vida e educação[editar | editar código-fonte]

Warren Wilhelm, Jr. nasceu em 8 de maio de 1961 em Manhattan, Nova York, sendo filho de Maria e Warren Wilhelm.[1] Seu pai tinha ascendência alemã, e seus avós maternos, Giovanni e Anna De Blasio, eram imigrantes italianos da cidade de Sant'Agata de' Goti, localizada na província de Benevento.[3] [4] [5] Ele foi criado em Cambridge, Massachusetts.[6] De Blasio afirma que ele tinha sete anos de idade quando seu pai saiu de casa e oito anos quando seus pais se divorciaram.[7] Em setembro de 2013, De Blasio revelou que seu pai cometeu suicídio em 1979, quando ele estava com um câncer de pulmão incurável.[8]

Em 1983, ele mudou legalmente o seu nome para Warren de Blasio-Wilhelm. Em 1990, ele estava usando o nome de "Bill de Blasio", quando explicou que usava "Bill" ou "Billy" em sua vida pessoal.

De Blasio obteve um B.A da Universidade de Nova Iorque com especialização em Estudos da Metrópole, um programa de estudos urbanos, com cursos como política para grupos minoritários e experiência com a classe trabalhadora, e um "Master", que seria um grau universitário instituído em países de tradição anglo-saxônica, em Assuntos Internacionais pela Escola de Assuntos Públicos e Internacionais da Universidade de Columbia.[9] Em 1981, ele recebeu a competitiva e prestigiada bolsa de estudos Harry S. Truman.[10]

Início da carreira política[editar | editar código-fonte]

O primeiro trabalho de De Blasio fazia parte do programa urbano do departamento de justiça de Nova York para menores em 1984.[11] Em 1987, pouco depois de concluir a pós-graduação na Universidade de Columbia, de Blasio foi contratado para trabalhar como organizador político pelo Centro Quixote, em Maryland. Em 1988, de Blasio viajou com o Centro Quixote para a Nicarágua durante 10 dias para ajudar a distribuir alimentos e medicamentos durante a revolução nicaragüense. De Blasio foi um ardente defensor do governo sandinista, que naquela época era oposição do governo Reagan.[12]

Depois de voltar da Nicarágua, de Blasio se mudou para Nova York, onde trabalhou para uma organização sem fins lucrativos com foco na melhoria dos cuidados de saúde na América Central. De Blasio continuou a apoiar os sandinistas em seu tempo livre, entrando em um grupo chamado Rede de Solidariedade pela Nicarágua da Grande Nova Iorque, que realizava reuniões e angariações de fundos para o partido político Sandinista. A entrada de de Blasio na política municipal veio em 1989, quando ele foi coordenador voluntário da campanha para prefeito de David Dinkins.[13] Após a campanha, de Blasio atuou como assessor na Prefeitura.[14]

Em 1997, ele foi nomeado pela administração do presidente Bill Clinton para atuar como diretor regional do Departamento da Habitação e Desenvolvimento Urbano para Nova York e Nova Jersey. Em 1999, foi eleito membro do Conselho Escolar Comunitário.[15] Ele foi escolhido como gerente da campanha de Hillary Rodham Clinton para o Senado em 2000.[15]

Eleição para prefeito[editar | editar código-fonte]

Em 27 de janeiro de 2013, de Blasio anunciou sua candidatura para prefeito de Nova York na eleição de 2013.[16]

Referências

  1. a b A refresher on candidate Bill de Blasio Newsday.com (2013-08-17). Visitado em 2013-09-20.
  2. The New York Times. "De Blasio Is Elected New York City Mayor in Landslide", November 6, 2013. Página visitada em November 6, 2013.
  3. Cassidy, John. Bill de Blasio's Moment: Can He Handle It? The New Yorker. Visitado em 2013-09-20.
  4. Paid Notice - Deaths WILHELM, MARIA (NEE DE BLASIO) - Paid Death Notice - NYTimes.com New York Times (2007-01-28). Visitado em 2013-09-20.
  5. http://interactive.ancestry.com/2499/31301_167616-00560/3965854[fonte fiável?]
  6. "That Boston Fan? He Wants to Run New York", The New York Times, August 20, 2013. Página visitada em August 28, 2013.
  7. "Bill de Blasio mayoral campaign ad tells of demons of an alcoholic father", NY Daily News, June 10, 2013. Página visitada em November 6, 2013.
  8. Sale, Anna. WNYC News Exclusive: Bill de Blasio Speaks with WNYC About His Father's Suicide wnyc.org New York Public Radio. Visitado em October 1, 2013.
  9. New York City mayoral candidates: A look at Bill de Blasio New York Daily News (Apr. 15, 2013). Visitado em Aug. 13, 2013.
  10. America's Truman Scholars Truman.gov. Visitado em 2013-09-20.
  11. New York City Public Advocate Bill de Blasio (em inglês) New York Daily News. Visitado em 20 de novembro de 2013.
  12. A Mayoral Hopeful Now, de Blasio Was Once a Young Leftist (em inglês) The New York Times. Visitado em 20 de novembro de 2013.
  13. Campbell, Colin (Dec. 6, 2012). Bill De Blasio For NYC Mayor: Can The Public Advocate Go From Master Strategist To Mister Mayor? New York Observer. Visitado em Aug. 13, 2013.
  14. Dickter, Adam (July 17, 2013). The Political Education Of Bill de Blasio The Jewish Week. Visitado em Aug. 13, 2013.
  15. a b About Bill De Blasio Office of the Public Advocate for the City of New York. Visitado em Aug. 13, 2013.
  16. De Blasio, Announcing Mayoral Bid, Pledges to Help People City Hall Forgot (em inglês) The New York Times. Visitado em 20 de novembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bill de Blasio
Precedido por
Michael Bloomberg
Prefeito de Nova Iorque
2014 -
Sucedido por
'