BioShock Infinite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
BioShock Infinite
Capa oficial de BioShock Infinite, com o protagonista do jogador, Booker DeWitt.
Desenvolvedora Irrational Games

2K (Trabalho adicional)

Publicadora(s) 2K Games
Distribuidora [Take-Two Interactive]
Diretor Ken Levine
Produtor Adrian Murphy
Designer Ken Levine
Escritor(es) Ken Levine
Compositor(es) Garry Schyman
Artista Scott Sinclair
Motor Unreal Engine 3 modificado
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 3
Xbox 360
OS X
Série [BioShock]
Data(s) de lançamento
  • INT 26 de Março de 2013
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Single-player
Número de jogadores Single-Player
Mídia Física e digital
Idioma Inglês
Traduções Português (legenda)
Hardware
Resolução 720p nos consoles

1080p nos consoles

Versão Atualmente na atualização 11
Último
Último
Bioshock 2
Próximo
Próximo

BioShock Infinite é um jogo de vídeo game de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Irrational Games e publicado pela 2K Games. Anteriormente conhecido como "Projeto Icarus" quando em fase de desenvolvimento. Foi lançado mundialmente para PC , PlayStation 3 e Xbox 360 em 26 de março de 2013. Infinite é o terceiro game da série BioShock, e embora não seja imediatamente parte da história dos jogos anteriores ele apresenta conceitos de jogabilidade semelhantes e também um tema com semelhanças aos games anteriores. O Conceito e definição do jogo foram desenvolvidos pelo diretor criativo da Irrational, Ken Levine, que inspirou-se em acontecimentos históricos na virada do século 20, como o movimento Occupy.

Situado em 1912, durante o crescimento do excepcionalismo americano, o jogo tem como protagonista, o ex-Pinkerton, agente Booker DeWitt, enviado para a cidade flutuante de Columbia com a missão de encontrar uma jovem mulher, Elizabeth, que foi mantida em cativeiro na maior parte de sua vida. Depois que Booker resgata Elizabeth, os dois se envolvem em um confronto de facções na cidade, são eles: os Nativistas, a Elite dos Fundadores, que se esforçam para manter a cidade para os americanos puros e o Vox Populi, rebeldes representando as pessoas comuns. Durante este conflito, Booker descobre que Elizabeth possui estranhos poderes, ela pode manipular fendas no espaço-tempo presentes na cidade de Columbia, ele também descobre que ela é a peça central para os segredos da cidade.

O jogador controla Booker durante todo o jogo, Elizabeth o segue controlada pela inteligência artificial. Como nos jogos anteriores da série BioShock, o jogador se usa de diversas armas, uma espécie de gancho e de poderes sobrenaturais concedidos através de Vigores (que funcionam como os Plasmids nos primeiros Bioshocks). Os Poderes de Elizabeth também podem ser usados para ajudar a combater as forças hostis. Em contraste com os espaços limitados da cidade subaquática de Rapture dos outros Bioshock, a cidade de Columbia esta ao ar livre, e entrega mais desafios de combate, incluindo lutas que acontecem a bordo do Sky-Line, uma espécie de trilho de trem suspenso no ar. Há um conteúdo para download (DLC) chamado Burial at Sea, que acrescenta trechos a história e desafios extras.

BioShock Infinite ganhou mais de 85 prêmios em seu pré-lançamento na exibição ocorrida na E3 2011, incluindo o Best of Show do Critics Game Awards. Após o lançamento, o jogo foi aclamado pelos críticos, que particularmente elogiaram sua história, cenário e estética visual. Seus temas envolvendo crenças políticas e religiosas, bem como o uso de imagens excessivamente violentas gerou muita controvérsia. BioShock Infinite vendeu mais de 3,7 milhões de cópias no varejo nos primeiros dois meses de seu lançamento, e desde então vendeu mais de 4 milhões de cópias em geral. 

Sinopse[editar | editar código-fonte]

BioShock Infinite, se passa durante 1912, localizado em Columbia, uma cidade fictícia estilo Steampunk suspensa no ar por meio de uma tecnologia chamada de "levitação quântica", dirigíveis gigantes e balões. Columbia é uma cidade utópica cheia de vida, cor e alegria…ou pelo menos assim parece. Tudo tem o seu porêm, e enquanto se passa pelos belos cenários, há vários NPCs contentes ou interessantes ao longo da nossa jornada, também descobrimos ao longo do caminho um lado sombrio desta cidade que recria a “era excepcional” dos Estados Unidos da América. Temas maduros como a descriminação racial, sexismo e religião estão expostos no jogo de uma maneira bastante frontal e convincentes, que tanto podem chocar como impressionar. 

Durante os acontecimentos do jogo, as tensões raciais aumentaram até o ponto onde Columbia está à beira de uma guerra civil, travada entre os governantes "Fundadores" e o insurgente "Vox Populi", duas facções com ideologias opostas. Os Fundadores são a facção política que prevalece na cidade, eles são racistas ultranacionalistas que mantiveram o poder e controle sobre Columbia, e procuram manter Columbia puramente para cidadões brancos americanos, negando a estrangeiros seus diversos privilégios. O Vox Populi (latim para "voz do povo") são um grupo de resistência oposta aos ultra-nacionalistas. Formou-se a partir de vários grupos com ideologias semelhantes, eles lutam para tomar o controle e restaurar os direitos de cidadania columbiana para as pessoas de todas as raças e religiões. No entanto, anos de lutas amargas têm impulsionado o Vox Populi em direção a oposição com um tremendo ódio cego, resultando em métodos mais violentos e brutais.

Além da disputa interna, Columbia é devastada por "Tears" (ou fendas) no tecido do espaço-tempo. Sendo o resultado de experimentos científicos do passado, essas fendas se revelam passagens para universos alternativos, e também permitem a interação com eles. Enquanto a maioria dos cidadãos columbianos consideram estas fendas como mera curiosidade, algumas pessoas têm explorado a visão oferecida por eles para criar radicalmente novas armas e tecnologias, enquanto outros copiaram músicas futuristas, baseando-se em canções ouvidas a partir das fendas, trazendo elementos anacrônicos para o ano de 1912.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Booker DeWitt: é o personagem principal do jogo, é um ex-agente Pinkerton e conta com habilidades que o ajudam a enfrentar os diversos combates no jogo, além de ter tido uma filha chamada Anna DeWitt.

Elizabeth: é a cordeira de Columbia. Ela pode abrir fendas no espaço-tempo que ajuda Booker em muitas batalhas. Ela ajuda Booker lhe fornecendo munição, sais e dinheiro; alem de abrir fechaduras com gazuas.

Zachary Hale Comstock (Kiff VandenHeuvel), o antagonista principal, é o fundador de Columbia e líder dos Fundadores de elite que governam a cidade. Reverenciado como "o Profeta", em Columbia, Comstock tem mantido seu poder na cidade através de um poderoso culto de personalidade baseado no cristianismo e os fundadores dos Estados Unidos. Os fundadores se opõem pelo Vox Populi, liderada por Daisy Fitzroy ( Kimberly Brooks ). O Vox Populi foram criados por Comstock para atuar como um bode expiatório para a dissensão social entre a elite e criar um estado policial , e Fitzroy assumiu o papel de sua liderança devido ao seu ódio de maneiras do fundador.

Robert Lutece (Oliver Vaquer) e Rosalind Lutèce (Jennifer Hale) são dois indivíduos misteriosos que levam Booker para Columbia e aparecem ao longo de suas viagens. Apesar de aparecer como gêmeos, eles são revelados a ser a mesma pessoa, mas a partir de duas realidades diferentes, tendo conseguido descobrir como se comunicar e, posteriormente, atravessar realidades. Rosalind é mostrada para ser a pessoa por trás das maravilhas tecnológicas que mantêm Columbia à tona. 

Capítulos[editar | editar código-fonte]

1. O farol

2. Centro de boas-vindas

3. Praça da rifa

4. Telhado do centro Comstock

5. Entrada de Monument Island

6. Torre do Monumento

7. Baía do encouraçado

8. Campo dos soldados

9. O hall dos heróis

10. No hall dos heróis

11. Loja de presentes do hall dos heróis

12. Praça do hall dos heróis

13. Porto de Finkton

14. Ancoradouro do pedinte

15. Pier forte franklin

16. Centro de indução de novos trabalhadores

17. Município de Finkton

18. A praça do zelo

19. Clube good time

20. A praça do zelo 2

21. Loja do armeiro

22. Favela

23. Departamento de bens confiscados da polícia

24. O jardim bull

25. Município de Finkton 2

26. Para a fábrica

27. Pátio a fábrica

28. A fábrica

29. Emporia

30. Porto prosperidade

31. Centro de Emporia

32. Jardins memoriais

33. Casa Comstock

34. O átrio

35. Escritório do superintendente

36. A sala de cirurgia

37. A mão do profeta

38. Convés do hangar

39. Convés de engenharia

40. Convés de comando

41. O mar de portas

Enredo [editar | editar código-fonte]

O jogo começa em 1912, onde que na Costa do Maine Booker é levado para um farol. Ao subir no topo do farol Booker entra numa cabine onde o leva para Columbia.

Booker ao chegar na cidade se vê numa espécie de Igreja, onde que ao explorar o local, resolve ser batizado para entrar na cidade.

Booker explora o lugar até achar a localização da estátua de Columbia, onde que um menino lhe entrega um telegrama dizendo para ele não pegar o número 77 e que Comstock não podia saber que ele estava em Columbia. Booker chega a um lugar onde tem uma placa dizendo que o "falso pastor" seria reconhecido por uma marca na mão direita: AD. Booker chega na rifa de Columbia e acaba por participar do sorteio e pega o número 77 e ele acaba vencendo a rifa. O jogador tem duas escolhas, se quer arremessar a bola num casal ou no apresentador, independentemente da opção do jogador um policial reconhece a marca AD em Booker e as pessoas começam a chama-lo de falso pastor. Booker engana os policiais e pega o Sky-Hook (arma-gancho) e começa a matar os guardas que o atacam. Depois de matar vários inimigos e um Fireman ele chega ao Telhado do Centro Comstock.

Ao entrar no bar Booker pega um escudo com uma mulher, Booker trava diversas batalhas com muitos inimigos e chega na Estação das Gôndolas.

Depois de matar alguns inimigos, Booker entra num prédio e conversa com Comstock através de um telão. Comstock diz conhecer Booker e que sabe o que ele pretende. Booker ao tentar sair do prédio aparece um zepelim, onde Booker tenta assumir os controles para chegar em Monument Island. Uma mulher incendeia o zepelim e Booker foge por um aerotrilho e ele chega na Torre do Monumento.

Booker explora Monument Island e acha uma máquina estranha de nome Sifao. Booker encontra Elizabeth e assustada o ataca com livros, ele a acalma e eles escutam uma música, Elizabeth pede para Booker ir embora pois alguem não iria gostar de vê-lo por lá, os dois começam a fugir e o carcereiro de Elizabeth chamado Songbird ataca o local, os dois vão para fora da torre e acabam caindo, Booker pega um aerotrilho na queda e segura Elizabeth, os dois tentam escapar, mas Songbird destrói os aerotrilhos e os dois caem na Baía do Encouraçado.

Booker acorda e chama Elizabeth de Anna ao ouvir sua voz, uma música chama a atenção de Elizabeth e ela vai atrás, Booker acha Elizabeth e ele a convence de acompanha-lo, pois a levaria para Paris através da aeronave chamada First Lady. Os dois exploram a baía e chegam ao Campo dos Soldados.

Depois de explorar o lugar eles planejam chegar ao aeródromo onde está a aeronave, eles vão até uma gôndola que só funciona com o Shock Jockey. Booker e Elizabeth vão até o Hall dos Heróis para pegar o vigor, mas um velho amigo de Booker chamado Slate possui este vigor. Lá dentro os dois encontram evidências de que Elizabeth é filha de Comstock e que ela deve continuar o que ele começou. Depois de travar batalhas com os soldados de Slate, Booker consegue o vigor e o leva de volta a gôndola para liga-la. Os dois chegam no aeródromo e ao chegar no dirigivel Elizabeth descobre que Booker a levaria para Nova Iorque, e ele diz que alguém o contratou para resgata-la, Elizabeth fica magoada e nocauteia Booker. Elizabeth foge e Booker é capturado pela Vox Populi que pegam a aeronave, a líder da Vox Populi Daisy Fitzroy faz um acordo com Booker, que só lhe devolveria o dirigivel se ele fosse até Finkton pegar algumas armas com um armeiro chamado Chen Lin. Booker é jogado no Porto de Finkton e começa a procurar Elizabeth.

Booker encontra Elizabeth e depois dela tentar fugir dele, os dois acabam fazendo as pazes. Os dois partem para Finkton para encontrar o armeiro. Quando os dois chegam até a sua loja, não o encontram e a sua esposa diz que levaram ele preso para o Clube good time.

No clube, Fink arma uma armadilha para Booker onde ele deve derrotar vários inimigos. Ao achar Chen Lin, o encontram morto na base de espancamento. Os luteces aparecem e dão uma pista para Booker e Elizabeth sobre o que deve ser feito, então Elizabeth abre uma fenda para uma realidade alternativa de Colúmbia, onde ao voltar para a loja do armeiro, tentam e conversar com ele, mas descobrem que as ferramentas dele foram roubadas e levadas para o departamento de bens confiscados da polícia na favela.

Booker e Elizabeth vão para a favela, no caminho Elizabeth chama a atenção de Booker sobre o dedo faltando na mão direita dela. Ao chegarem no departamento da polícia, eles encontram as ferramentas de Chen Lin, mas eles não podem carrega-las, então Elizabeth abre uma fenda para outra realidade alternativa de Colúmbia onde as ferramentas já estão na loja. Ao saírem do lugar acontece um grande confronto entre a Vox Populi e os Fundadores, onde a Vox está levando vantagem. Booker acha um cartaz em que nesse universo ele é um mártir da Vox, ele diz se lembrar que junto com Slate incendiaram o Hall dos Heróis. Ao saírem da favela regressam para loja do armeiro, mas encontram Chen Lin e sua esposa mortos e percebem que nessa realidade, as armas já estão com a Vox Populi.

Booker e Elizabeth partem para a fábrica para pegar de volta a aeronave First Lady. Elizabeth diz a Booker que não tem certeza se a realidade em que eles estão foi ou não criada por ela. Ao chegarem na fábrica, Daisy Fitzroy mata Fink e manda a Vox pra cima de Booker, por pensar que ele é um impostor, pois o Booker dessa realidade já havia morrido. Depois de matar muitos inimigos Booker e Elizabeth, vêem Daisy tentar matar o filho de Fink, Booker ajuda Elizabeth a subir no duto e depois começa a distrair Daisy, Elizabeth pra salvar a criança mata Fitzroy com uma tesoura e corre para a First Lady e Booker vai atrás dela. Booker tenta conversar com Elizabeth, mas ela se tranca numa sala. Booker assume os controles do zepelim e se assusta ao ver Elizabeth com outra roupa e com o cabelo cortado. Songbird aparece depois que uma música toca na aeronave, Booker e Elizabeth tentam achar o acelerador, mas Songbird ataca o veículo e ele acaba caindo, Booker e Elizabeth param em Empória.

Ao chegarem em Empória, Elizabeth fica desesperada ao ver os Luteces tocar a música que chama Songbird usando um piano, Robert Lutece dá para Booker um cartão com uma charada de como controlar o pássaro, ou seja que instrumento usar para controla-lo. Os dois descobrem que esse instrumento pode estar na Casa Comstock e planejam ir para lá. Booker e Elizabeth chegam ao Porto Prosperidade e se deparam com as pessoas do local pegando barcas para ir embora, pois a Vox está dominando o lugar. Depois de enfrentar alguns inimigos, os dois vão para o Centro de Empória. Elizabeth diz a Booker que Colúmbia flutua por partículas quânticas suspensas no ar por uma altura fixa, graças a um experimento de Rosalind Lutece, com o seu Campo Lutece.

Booker e Elizabeth depois de enfrentar muitos inimigos no Centro de Empória, chegam à Casa Comstock, mas há um portão os impedindo de entrar, o alto-falante confunde Elizabeth com Dama Comstock por causa da roupa da garota ser de sua suposta mãe. Elizabeth põe a sua mão numa máquina, mas ela não reconhece a sua impressão digital, Booker e Elizabeth vão para os Jardins Memoriais para encontrar a cripta da Dama Comstock, pegar sua mão e levá-la para o portão. Chegando lá vêem que ela está preservada numa câmara a vácuo. Quando Booker tenta abrir o caixão, Comstock começa a falar por meio de um alto-falante, um sifao menor surge e começa a sugar os poderes de Elizabeth e a Dama Comstock levanta de seu túmulo como um fantasma, depois de Booker lutar contra ela os Luteces aparecem e falam que ela vai resolver assuntos inacabados. Ao sair do cemitério os Luteces dizem aos dois que para convencer o fantasma de abrir o portão, eles devem encontrar três fendas que vão mostrar 3 verdades que Comstock fez de tudo para esconder.

Booker e Elizabeth acham a primeira fenda no laboratório Lutece. Essa fenda mostra uma discussão entre Dama Comstock e Rosalind Lutece, onde se descobre que Elizabeth não é filha de Comstock e sua mulher, por ele ser estéril e Dama Comstock achava que Elizabeth era filha de Comstock com Rosalind Lutece. Booker e Elizabeth acham a segunda fenda no Banco do Profeta. Essa fenda mostra que Comstock manda Fink sabotar a máquina dos Luteces, para matá-los. Ao sair do lugar Booker encara novamente o fantasma da Dama Comstock. Booker e Elizabeth saem do banco e acham a terceira fenda na casa do fotógrafo. Essa fenda mostra o dono da casa discutindo com os Luteces, onde que ele diz ter enterrado os dois e que não poderiam estar vivos. Depois os dois vão para a frente da Casa Comstock, onde que Booker luta com o fantasma da Dama Comstock pela última vez. Após isso Elizabeth diz a Dama Comstock que não é filha de Comstock, e que elas devem se perdoar, pois Comstock é pior que as duas, Dama Comstock diz que Comstock a matou e se pergunta porque está viva. Depois dessa conversa Dama Comstock arrebenta o portão e Booker e Elizabeth entram na Casa Comstock.

Booker aciona a ponte que dará acesso a Casa Comstock, mas Songbird aparece e tenta matar Booker, mas é impedido por Elizabeth, e Songbird a leva embora. Booker vai atrás e percebe que está nevando, mas está no verão. Booker entra na Casa Comstock e se assusta ao ver a estátua de Elizabeth. Booker enfrenta alguns lunáticos, e ouve que Elizabeth está gritando, mas há uma porta que bloqueia o seu caminho. Booker vai até o escritório do superintendente, para destravar a porta. Booker volta para o local, mas Elizabeth grita através de uma fenda. Depois de conversar com os Luteces, Booker vê uma mulher e conversa com ela, percebe que é Elizabeth e ela pede que ele pegue sua mão, Booker fica chocado ao ver que Elizabeth está velha e ele vê a cidade de Nova Iorque sendo destruída por Colúmbia por ordem dela, que assumiu o comando da cidade, refletindo um sonho de Booker e uma previsão de Comstock, onde ambos viram Nova Iorque sendo devastada. Elizabeth dá para Booker um cartão e diz que é um conselho para a Elizabeth da época do Booker, onde ela deverá decifrar. Booker é mandado de volta para 1912.

Continuando em diante, eles desvendar uma conspiração por trás de fundação da cidade: Zachary Hale Comstock teve os gêmeos Lutece construir um dispositivo "sifão" para inibir os poderes de Elizabeth; Elizabeth é filha de Comstock adotada, a quem ele pretende noivo em assumir após a sua morte, e Comstock conspiraram para matar a mulher e os Luteces para esconder a verdade. Depois de Elizabeth é capturado por Songbird, Booker persegue, mas é trazido para o futuro, uma Elizabeth idosos, ela explica que, desde Booker não parou Songbird, ela sofreu décadas de tortura e lavagem cerebral, herdando a causa de Comstock e fazer a guerra no mundo. Explicando que Songbird sempre impedido suas tentativas de resgate anteriores, Elizabeth implora Booker para parar Songbird com sua canção e devolve-lo ao seu presente.

Booker atinge presente Elizabeth, eo par perseguir Comstock ao seu dirigível. Comstock exige que Booker explicar o passado de Elizabeth para ela; um Booker enfurecido afoga Comstock. Booker nega conhecimento sobre dedinho falta de Elizabeth, mas ela afirma que ele foi simplesmente esquecido. Controlando o Songbird, o par afastar um ataque Vox Populi, antes de encomendar Songbird para destruir o Siphon.Como Songbird liga Booker novamente, os poderes de Elizabeth totalmente desperto, permitindo-lhe para abrir um rasgo e transportá-los para a cidade subaquática de Rapture . Booker e Elizabeth materializar dentro da cidade, de onde eles vêem Songbird esmagado fora pela água pressão.

Booker relutantemente concordou, mas logo deu a perseguição; chegar como Comstock escapou através de uma Lágrima, seu fechamento cortou o dedo de Anna. Comstock, então, levantou Anna como sua própria filha, Elizabeth, e devido ao seu dedo cortado, ela existente sobre duas realidades simultaneamente lhe permite criar Lágrimas e mover-se entre eles. Robert Lutèce, irritado com as ações de Comstock, convencido de Rosalind para ajudá-lo Booker trazer para a realidade onde existe Columbia para resgatar Elizabeth.

Elizabeth explica que Comstock permanecerá sempre viva em universos alternativos, como os Luteces se alistaram diferentes Bookers universo inúmeras vezes para tentar acabar com o ciclo. Como parar Comstock requer intervir em seu nascimento, Elizabeth leva Booker volta no tempo para um batismo ele participou, na esperança de expiar os pecados que cometeu em Wounded Knee ";. Zachary Comstock", ela explica que, apesar de Booker mudou de idéia, alguns Bookers alternativas aceitou o batismo e renasceram como Comstock, mais tarde, consciente de sua conexão para Booker e estéril de uso excessivo da máquina rasgo Lutèce, sequestrado Anna para fornecer um herdeiro biológico para Columbia. Booker, em seguida, juntou-se outro universo Elizabeths no batismo, lhes permite afogá-lo, impedindo a sua escolha batismal e impedindo assim a existência de Comstock. Uma a uma, as Elizabeths começam a desaparecer, a tela de corte para o preto no passado.

Em uma cena pós-créditos, a Booker acorda em seu apartamento em 8 de outubro de 1893. Ele chama para Anna e abre a porta de seu quarto antes que os cortes de tela para preto.

Gameplay [editar | editar código-fonte]

Como BioShock e BioShock 2BioShock Infinite é um shooter em primeira pessoa com elementos de RPG. Em contraste com os espaços limitados de Rapture dos jogos anteriores da série, o ambiente de Columbia é bastante amplo o que gera novos desafios, e combates mais dinâmicos. Como Booker, o jogador deve lutar contra inimigos enquanto segue através de Columbia usando armas e uma variedade de ferramentas, a fim para completar os objetivos. O jogador pode carregar apenas duas armas ao mesmo tempo, e pode coletar outras armas e munições de inimigos derrotados ou em locais aleatórios em torno da cidade. Além de sua saúde, Booker também é equipado com um escudo que se recupera sozinho com o tempo. Enquanto que a energia pode ser reabastecida com kits médicos ou alimentos. No caso de Booker morrer, o jogador revive em uma área segura, mas perde uma pequena quantidade de dinheiro. Booker então recupera a saúde parcialmente e tem concedido munição adicional, enquanto os inimigos locais são também parcialmente curados.

Booker ganha poderes e habilidades através de Vigores, Equipamentos e Infusões, todos espalhados por Columbia. Vigores são equivalentes as Plasmids, de concessão ativado por poderes como a criação de ondas de choque, lançando raios de eletricidade, e também de possessão humana. Vigores requerem Sal, o equivalente a pontos de magia em Bioshock, para alimentar suas habilidades. Sais podem ser encontrados em toda Columbia, e também são concedidos após a morte. Os Equipamentos concedem habilidades passivas que podem melhorar a força do jogador ou resistência a danos, semelhante em função de BioShock . Cada peça de equipamento atribui a um dos quatro slots específicos: chapéus, camisas, botas e calças. Apenas um pedaço de equipamento pode ser afixada a um slot de cada vez;. Nenhum equipamento extra é armazenado no inventário do jogador. Infusões concedem a capacidade de aumentar permanentemente a saúde do jogador, sais ou medidor de escudo por um status, mas também totalmente restaurar o que está sendo impulsionado.

Booker empunhando uma arma enquanto monta a linha Sky em combate.

Booker pode atravessar Columbia tanto a pé como com a "Sky-Line". O aerotrilho é uma especie de montanha-russa baseado em trilho-like - originalmente projetado para movimentação de cargas em torno de Columbia, mas mais tarde usado para transporte pessoal - após o que o jogador ativa uma ferramenta montado no pulso - o chamado Sky-Hook - onde Booker o usa para montar nos aerotrilhos. Os jogadores podem saltar para, fora de, e entre Sky-Line acompanha a qualquer momento, e pode enfrentar inimigos que usam o sistema para atacar, o jogador pode usar armas de uma mão, na mão livre de Booker enquanto estiver usando o Sky-Line. A liberdade de movimento ao longo da linha Sky permite diversas variedades de combate, incluindo acompanhamento, cobertura e ataques áreos de efeito por meio de usos criativos do sistema. Booker também pode mergulhar fora da Sky-Line para atacar os inimigos com seu Sky-Hook, enquanto no chão, ele pode usar o corpo a corpo e executar inimigos com ele.

Uma vez reunido com Elizabeth, o jogador deve trabalhar com ela para escapar de Columbia. O jogador não controla diretamente Elizabeth, mas ela reage ao jogador de acordo com determinada situação de combate. Ao contrário de BioShock , onde o jogador é encarregado de proteger uma Little Sister enquanto escoltava ela, Elizabeth requer nenhuma proteção e pode cuidar de si mesma em combate. Enquanto o jogador está na batalha, Elizabeth procura pela área suprimentos, como munição, kits médicos, sais e outros itens, e os joga para Booker, conforme necessário. Ela também pode usar seus poderes de abertura do espaço-tempo para auxiliar o jogador, trazendo armas, saúde, sais, características ambientais, como a tampa ou uma borda para um lugar mais alto, e as unidades de defesa automatizadas. Apenas uma fenda pode ser aberta de cada vez, fazendo com que o jogador decida entre as opções disponíveis para atender a batalha. Elizabeth também tem a capacidade de abrir fechaduras usando seu hairpin. No entanto, ela requer "um uso" gazuas, encontradas em toda Columbia, para abrir as portas ou cofres que armazenam itens valiosos ou ocultos.

Enquanto explora Columbia, o jogador, e Elizabeth, pode encontrar vários itens úteis, tais como dinheiro, comida, kits médicos, munições e Sais. Máquinas de venda automáticas, presentes em toda a Colômbia, pode ser usado para comprar suprimentos e upgrades poderosos para armas, e Vigores opcionais colaterais. E missões opcionais também estão disponíveis, onde o jogador deve desbloquear cofres ou decodificar cifras ocultas da Vox Populi; completá-las premia Booker com um punhado de suprimentos, Voxofones e upgrades de infusão.

À medida que o jogador progride através da cidade, ele é contestado por vários inimigos, classificadas em três tipos: Inimigos Padrão, lançadores pesados ​​e Bases da Segurança Autômatos. Inimigos padrão são inimigos regulares compostos por várias forças humanas diferentes, representando os fundadores e a Vox Populi, lançadores pesados ​​são inimigos mais formidáveis, alinhados com os Fundadores, que atuam como mini-chefes durante todo o jogo, exigindo novas táticas do jogador. Elas consistem em: Patriotas automatizados, Firemans, Homens Corvos, Boys of Silence (apenas na Casa Comstock) e Handymans. A Vox Populi também possuem suas próprias versões do Fireman, patriotas, handyman e o homem corvo. Bases da Segurança Automata são máquinas armadas espalhadas por Columbia que funcionam como um sistema de segurança de defesa para a cidade, as chamadas torretas de defesa.

Depois de completar o modo história em "fácil", "normal" ou "difícil", o "Modo 1999" é desbloqueado, onde o desafio do jogo é significativamente aumentado. Os inimigos são muito mais duros de derrotar, o auxílio de navegação do jogador é removido, e gestão de recursos é muito mais crucial para a sobrevivência, também, a dificuldade do jogo não pode ser alterado durante o jogo. 

Mas o jogador pode usar uma trapaça conhecida como "Konami Code" para desbloquear o modo 1999 antes de zerar o jogo, esta trapaça pode ser feita a qualquer momento no menu principal do game; a código é este: 

Xbox 360: Cima, Cima, Baixo, Baixo, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, B e A  

Playstation 3: Cima, Cima, Baixo, Baixo, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, O e X  

PC: Cima, Cima, Baixo, Baixo, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, Tecla de cancelar (normalmente ESC), tecla de confirmar (normalmente ENTER)[1]  

Desenvolvimento [editar | editar código-fonte]

BioShock Infinite foi desenvolvido pela Irrational Games e publicado pela 2K Games, com Ken Levine como escritor principal do jogo e diretor de criação. Irracional e Levine, que já havia desenvolvido o primeiro BioShock , passou a trabalhar na sequela BioShock 2 em favor de um novoBioShock jogo com uma configuração diferente, com a Take-Two Interactive dando-lhes liberdade para desenvolvê-lo . O trabalho sobre Infinite começou em fevereiro de 2008, com o conceito do jogo que está sendo formado, seis meses após BioShock 2 ser lançado. Sob o apelido de "Projeto Icarus", Irrational trabalhou em segredo no Infinite para dois e ano-a-meio, antes de seu anúncio, em 12 de agosto de 2010. O desenvolvimento do jogo levou cerca de cinco anos, com ele finalmente lançado em 26 de março de 2013.

A feira 1893 de mundo em Chicago, considera-se que floresceu a idéia de excepcionalismo americano , é uma grande influência sobre Infinite ' s história eo projeto de Columbia.

Durante os estágios iniciais de desenvolvimento, a equipe da Irrational originalmente considerou várias definições para o jogo, incluindo a reutilização de Rapture, antes de finalmente decidir sobre a cidade flutuante de Columbia. Para moldar a história do jogo e o mundo de Columbia, a equipe teve a inspiração de eventos na virada do século 20 e a expansão do conceito de excepcionalismo americano definido pelo 1893 Feira Mundial de Chicago. Os recentes acontecimentos no o tempo, como o movimento Occupy em 2011, bem como filmes, incluindo Stanley Kubrick 's The Shining , Robert Zemeckis 's Back to the Future , e David Lynch 's Blue Velvet também serviu de inspiração para o jogo.

O centro do jogo é a personagem Elizabeth, que Levine queria que seja mais um "motorista emocional" e companheiro para o jogador semelhante a Half-Life 2, em vez de uma missão de escolta. Além disso, em contraste ao Jack de BioShock, o personagem do jogador Booker foi dada uma voz, a decisão de evitar a complacência com o tema "protagonista silencioso", assim como para ter interações face-a-face com outros personagens não-jogadores, em vez de ser dito o que fazer mais de um rádio ou separados por uma barreira. Levine teve uma abordagem mais inovadora para a sua história, trazendo os dubladores de Booker e Elizabeth, Troy Baker e Courtnee Draper , respectivamente, para o estúdio para desenvolver os personagens e ajudar a refinar a história. Levine, no entanto, não forneceu para os atores o pleno conhecimento da história, a fim de ajudá-los a desenvolver o relacionamento de seus personagens de uma forma muito mais natural.

De acordo com Levine, Infinite foi um jogo criado a partir do zero, com nenhum dos seus ativos retirados dos anteriores BioShock. Em termos de jogabilidade, a equipe projetou os espaços verticais e ao ar livre de Columbia para dar mais oportunidades para incluir vários tipos de combate, em comparação com o close, variou limites de Rapture dentro do primeiro BioShock. A Irrational criou opções como um elemento multiplayer, mas estes foram mais tarde descartados, com o jogo, em última análise o transporte com apenas o modo single-player. Numerosos materiais, tais como locais, armas, Vigores, mecânica das fendas, personagens e outros inimigos, foram cortados do jogo, pois ele se aproximava da publicação, com alegações de que material suficiente para cinco ou seis jogos tinha sido desmantelada durante este processo.

BioShock Infinite foi lançado mundialmente em OS X, Microsoft Windows, PlayStation 3 e Xbox 360, em 26 março de 2013. Levine afirmou que os problemas enfrentados pelas três versões para Windows e PlayStation dos anteriores BioShock tinha sido regularizado no Infinite, a versão do Windows, ativado por Steamworks, não usaria o adicional de gerenciamento de direitos digitais de software, como jogos para Windows - ao vivo ou SecuROM, enquanto que a versão PlayStation 3 não seria uma porta, como essa versão foi desenvolvido por in-house simultaneamente com as versões para Windows e Xbox 360. Aspyr mais tarde ajudou a porta Infinite ao OS X da plataforma, que foi lançado em 29 de agosto de 2013.

Música [editar | editar código-fonte]

A trilha sonora original de BioShock Infinite foi composta por Garry Schyman , que já havia composto os escores de BioShock eBioShock 2. Schyman optou por uma abordagem completamente nova de pontuação para Infinite desde o início devido a diferenças com o anteriores BioShock. Ele disse que, em comparação com os jogos anteriores, Infinite, tem um mundo e período de tempo "completamente diferente e único em quase todos os aspectos", e que ele estava "muito mais aprofundado em termos de personagens" com história que está sendo conduzido pelos dois principais protagonistas. Schyman notou que ele trabalhou na pontuação durante um período prolongado de tempo, e devido à uma longa evolução do ciclo de desenvolvimento do jogo, que levou mais tempo para encontrar o caminho certo para a pontuação. Depois de muita experimentação, Schyman descobriu que usando uma partitura musical mais simples seria o melhor para o jogo como ele sentiu que era consistente com o tempo mais simples de 1912. No entanto, Schyman afirmou que ele não se limitou à música do período , e acrescentou que, embora a definição do jogo de 1912 foi muito influente, não foi determinante. Ele disse: "Eu não queria imitar a música popular de 1912 que não é particularmente emocional aos nossos ouvidos em 2013". Originalmente, trabalhando com um mais orquestral abordagem, Schyman usado mais tarde muito íntimos pequenos ensembles de cordas com qualquer lugar de três a dez jogadores para compor o score do jogo relativamente simples. Schyman também chamada Elizabeth um elemento crítico para a música, explicando que "um monte de música se relaciona com ela e algumas das coisas emocionais que ela está passando. Ele passou a descrever Infinite  como "mais de um escore emocional", como era sobre a relação entre os dois personagens principais do jogo, Booker e Elizabeth.

Ken Levine afirmou que a pontuação foi em parte inspirado em Jonny Greenwood através de There Will Be Blood, que serviu como um "bom" ponto de partida, e Paul Buckmaster através de 12 macacos. A pontuação do jogo e a música licenciada foi também fortemente influenciado por tendências históricas. Levine comentou que com o original BioShock, definido em meados do século 20, era fácil de adquirir peças musicais representativos da época. Com Infinite, no entanto, grande parte da música gravada seria considerada desagradável e "terrível" para o "ouvido moderno", segundo Levine. Consequentemente, a fim de escolher a "grande" música licenciada para o jogo, a equipe teve que explorar as mudanças na música durante este período, observando-se que grande parte das primeiras formas de música na América seriam derivados de gospel, ragtime, blues e jazz, trabalhos influenciados por afro-americanos e sua herança. Levine passou a afirmar que a música e as canções do jogo iriam desempenhar um papel importante na história.

Marketing [editar | editar código-fonte]

Irracionais e 2K Games usou um número de diferentes abordagens de marketing para promover o jogo. Eles trabalharam com várias revistas de jogos para criar arte promocional refletindo a virada do século 20, e desenvolveu tie-in videoclipes provocando mitologia do jogo no estilo de In Search Of ... . Um jogo de navegador autônomo, BioShock Infinito: Revolução Industrial , foi desenvolvido pela preguiçosos 8 Studios sob a direção de Irrational para promover o jogo principal e fornecer o jogador com recompensas no jogo. Mídia promocional adicionais incluíram um livro de arte, figurinos de vários personagens no jogo, uma novela prequel, um jogo de tabuleiro, e um concurso para ter o vencedor ter seu nome usado dentro do jogo.

Pré-lançamento[editar | editar código-fonte]

BioShock Infinite estava em exposição para o público em geral na E3 2011, e venceu como "Melhor Jogo da Feira", pela Game Critics Awards, e também como "Melhor Jogo Original", "Melhor Jogo de Ação/Aventura", além de "Melhor Jogo para PC".[2]

Referências

  1. Rafael Monteiro (29/03/2013). Aprenda como acessar o modo secreto 1999 de BioShock Infinite. Tech Tudo. Página visitada em 03/06/2014.
  2. Orland, Kyle (2011-06-28). BioShock Infinite Leads E3 Game Critics Awards Winners. Gamasutra. Página visitada em 2011-06-28.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.