Biomolécula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Biomoléculas são compostos químicos sintetizados por seres vivos, e que participam da estrutura e do funcionamento da matéria viva. São, na sua maioria, compostos orgânicos, cujas massas são formadas em 97,5% de C, H, O e N (Carbono, Hidrogênio, Oxigênio e Azoto (Nitrogênio)). Ou seja, são as vitaminas, Carboidratos, Lipídios, Proteínas, etc. O elemento principal é o carbono pois é capaz de formar quatro ligações.

Em percentagem do peso seco da célula temos: Carbono 50 a 60%; Oxigênio 25 a 30%; Nitrogênio 08 a 10%; Hidrogênio 03 a 05 %

Muitas biomoléculas são assimétricas, ou seja, possuem centros quirais, átomos de carbono com quatro ligantes diferentes.

Água: principal biomolécula, responsável por 70% do peso total de uma célula. As Macromoléculas: são biomoléculas de alto peso molecular, muito grandes e quase sempre de estrutura química e espacial muito complexas.

A água além de ser o principal constituinte da célula, desempenha um papel fundamental na definição de suas estruturas e funções; É o fator primário de definição das complexas estruturas espaciais das macromoléculas;

Muitas vezes a estrutura ou a função de uma biomolécula depende de suas características de afinidade com a água, a saber: moléculas hidrofílicas, hidrofóbicas anfipáticas. A água é o meio ideal para a maioria das reações bioquímicas. São sempre formadas a partir de "unidades fundamentais", moléculas menores e muito mais simples que funcionam como matéria prima para a construção das macromoléculas;

As proteínas: Constituem a maior fração da matéria viva; são as macromoléculas mais complexas; possuem inúmeras funções na célula;

Os ácidos nucléicos: São as maiores macromoléculas da célula; são os responsáveis pelo armazenamento e transmissão da informação genética;

Os carboidratos: são os principais combustíveis celulares; possuem também função estrutural e participam dos processos de reconhecimento celular;

Os lipídios: Formam nossa principal fonte de armazenamento de energia assim como desempenham importante função na estrutura das membranas biológicas; são biomoléculas hidrofóbicas.


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.