Bipirâmide triangular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Maio de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Triangular dipyramid.png
Planificação

Bipirâmide triangular ou Diamante triangular é uma bipirâmide constituída por duas pirâmides triangulares.

As suas faces são 6 triângulos.

No caso dos triângulos serem todos equiláteros é um Sólido de Johnson, gerado pela acumulação de dois tetraedros.

Tem 6 arestas e 5 vértices.

Em química, moléculas como o pentacloreto de fósforo tem a estrutura da bipirâmide triangular, com os cinco átomos de cloro ocupando os vértices, e o átomo de fósforo no centro do sólido. Outras moléculas também tem uma estrutura derivada da bipirâmide triangular, com algum vértice faltando, como o tetrafluoreto de enxofre (quatro átomos de fluor nos vértices, um dos vértices, do triângulo central, ocupado por um par de eletrões), o trifluoreto de cloro (dois pares de eletrões no triângulo central) e o ião triiodeto (três pares de eletrões no triângulo central).[1]

Referências

  1. Elmhurst College, The Department of Chemistry, Virtual Chembook [em linha]
Ícone de esboço Este artigo sobre geometria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.